Média de gols do Brasileirão pode ser a menor dos últimos anos

brasileirão

Faltando apenas três rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro de 2014, o torneio caminha para ter a menor média de gols desde 2007, quando a competição passou a ter 380 jogos.

LEIA MAIS
Henrique caminha para ser o pior artilheiro do Brasileirão nos pontos corridos
TOP 5: Confira as melhores decisões de Campeonato Brasileiro

Até o momento, o Brasileirão já teve 350 jogos disputados e foram balançadas as redes em 781 oportunidades. A pior média de gols do Campeonato Brasileiro aconteceu em 2012, onde 906 bolas foram colocadas nos gols. É quase impossível, que nos 30 jogos que restam os clubes façam, no mínimo, 125 tentos.

De 2007 para cá, o maior recorde que aconteceu foi no ano de 2009, quando naquele ano o Flamengo sagrou-se campeão nacional. Em 380 jogos completados, 1094 tentos foram feitos.

A”má fase” nos gols não se dá apenas nos números de tentos no Campeonato Brasileiro, mas também atinge a artilharia do torneio. Henrique do Palmeiras, até agora, possui 15 gols feitos e não marca há três partidas. Ricardo Goulart e Marcelo Moreno do cruzeiro estão colados logo atrás com 14.

Se continuar com a fraca média de gols, o jogador que for o artilheiro poderá quebrar o tabu de menor número de tentos no campeonato, marca que hoje pertence a Souza do Goiás que balançou as redes em 17 oportunidades em 2006.

A explicação para tal “marca negativa” pode ser indicada pela evolução tática, onde atualmente atacantes também fazem a função de marcação e não mais só fazer gols. Quem praticamente iniciou este estilo de jogo no Brasil foi o Corinthians de Tite, em 2011. Na ocasião, quem jogava no alvinegro tinha a obrigação de tanto atacar quanto saber marcar.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.