Ídolo do Corinthians foi contratado e dispensado em 40 dias por time da Série B

Gil, ídolo do Corinthians no início dos anos 2000, foi contratado e dispensado pelo ABC, time da Série B do Campeonato Brasileiro, em 40 dias por problemas físicos.

LEIA MAIS:
Eleições beneficiaram o Botafogo e prejudicaram o Flamengo; entenda
Candidato à presidência do Timão acerta com Tite, segundo colunista

Famoso por ter formado, junto com Kléber e Ricardinho, o lado esquerdo mais forte do futebol brasileiro no inicio deste século, Gil era apontado com uma das grandes promessas do futebol nacional que não se concretizou. Entre 2000 a 2005, o jogador defendeu o Corinthians clube pelo qual conquistou o 2 Campeonatos Brasileiros (1999 e 2005), 2 Campeonatos Paulistas (2001 a 2003), 1 Mundial de Clubes (2000), 1 Copa do Brasil (2002) e 1 Copa São Paulo (1999). Após sair do time do Parque São Jorge, ele não conseguiu render em nenhum dos clubes que passou, como Cruzeiro, Flamengo e Internacional.

Sem propostas, Gil encerrou sua carreira de forma precoce aos 32 anos de idade, em 2011. neste ano, o ABC resolveu apostar no atleta e lhe deu uma chance na Série B. Contudo, ele seque chegou a entrar em campo pelo time potiguar e, após 40 dias de treinamento, foi dispensado por não ter entrado em forma.

Foto: Getty Images