Por onde anda Oséas, ex-Palmeiras, Cruzeiro e Atlético-PR?

Oséas está eternizado na história de Palmeiras, Atlético-PR e Cruzeiro não só pelos gols, mas também pelo carisma. Apesar de o atacante ter passado por outros clubes do Brasil e do exterior, ele ganhou títulos e foi artilheiro por estas três equipes. Hoje aposentado, o ex-jogador vive do ramo imobiliário.

LEIA MAIS
Por onde anda Magrão, ex-volante do Palmeiras?
Por onde anda Lenny, ex-Fluminense e Palmeiras?
Por onde anda Alex Mineiro, artilheiro do último Paulistão do Palmeiras?

Nascido na Bahia e sempre conhecido por suas trancinhas, Oséas foi revelado pelo Galícia, modesto clube do estado, no inicio dos anos 90. Logo depois teve uma rápida passagem pela Espanha jogando pela Pontevedra, mas logo voltou ao Brasil para jogar no futebol sergipano e mineiro atuando pelo Maruinense e Uberlândia, respectivamente, até chegar no primeiro clube em que teria destaque. O Atlético-PR.

Em 1995, Oséas chegou ao Furacão para a disputa da Série B e logo em seu primeiro ano já foi um dos destaques da equipe levando o time ao título da segunda divisão nacional e sendo artilheiro do torneio com 14 gols. Na época, ele foi um dos principais jogadores ao lado de Paulo Rink. Dois anos mais tarde ele jogaria pelo Palmeiras.

Chegando na forte equipe alviverde com o forte patrocínio da Parmalat, Oséas fez parte do ataque que tinha Edmundo, Rivaldo, Edilson, Luizão, entre outros matadores do Palmeiras. Mas foi, principalmente, dois anos depois de sua chegada ao Palestra que o artilheiro começou a se destacar.

Apesar de ter feito um gol contra na partida contra o Corinthians em 98, ele balançou as redes nas finais da Copa do Brasil e Mercosul do mesmo ano e também na final da Libertadores em 99. Infelizmente para os palmeirenses, o rendimento de Oséas foi caindo e o atacante saiu logo após o Mundial do Japão. No Verdão, ele fez 172 partidas com 86 vitórias e 43 empates e derrotas e anotou 65 gols.

Desembarcou no Cruzeiro em 2000. Logo de cara continuava com seu faro de títulos. Levantou o caneco da Copa do Brasil daquele ano pelo clube Celeste e ainda foi artilheiro do torneio. No ano seguinte ganhou junto com a Raposa, a Copa Sul-Minas. Saiu da equipe de Minas Gerais com 45 jogos e 15 tentos marcados.

Teve passagem curta pelo Santos e logo após isso teve duas passagens pelo futebol japonês (2002 e 2004), mas não sem conquistar seu último título. Há dez anos ele chegava no Internacional para jogar o Campeonato Gaúcho.

Ganhou o estadual com o Colorado em 2004, e logo depois foi para o Japão. Em 2005, ele encerrou sua carreira jogando pelo Brasiliense.

Após 15 anos jogando futebol, Oséas preferiu seguir uma carreira fora do que sempre foi sua especialidade. Hoje, ele atua no ramo imobiliário onde compra alguns imóveis para alugar. Apesar de trabalhar com algumas casas em São Paulo e Belo Horizonte, o ex-artilheiro está mais ativo em Salvador, sua cidade natal, onde conta com alguns corretores que o ajudam em sua jornada.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.