Relembre jogadores com passagens por Inter e Palmeiras

Inter e Palmeiras se enfrentam na noite desse sábado, no Beira-Rio, em jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao longo da história, alguns jogadores tiveram a honra de vestir as camisas dos dois clubes vencedores. Confira alguns deles:

Lúcio (zagueiro) – O brasiliense Lúcio iniciou a carreira no Inter em 1997. Logo no primeiro ano como profissional ajudou o time a ser campeão gaúcho. Ficou no Colorado até 2000. Rodou pelos alemães Bayer Leverkusen e Bayern de Munique, e pelos italianos Internazionale e Juventus. Voltou ao Brasil em 2013 e teve passagem conturbada pelo São Paulo. Desde o início de janeiro, o zagueiro faz parte do elenco do Palmeiras, porém, convive com problemas musculares devido à idade avançada.

Gamarra (zagueiro) – Com força e alta qualidade técnica, o paraguaio Gamarra se tornou um dos maiores zagueiros do futebol brasileiro. Ele teve passagem marcante pelo Inter entre 95 e 97. Chegou sob a indicação do técnico Paulo César Carpergiani. Pela Seleção Paraguaia fez sucesso na Copa do Mundo de 1998, sendo eleito o melhor da posição. Extremamente leal, deixou a competição na França sem ter cometido uma falta sequer nos quatro jogos que disputou. Cravou também o seu nome na galeria de ídolos do Corinthians entre 98 e 99. Já no fim da carreira entre 2005 e 2006 vestiu a camisa do Palmeiras, porém não reeditou os melhores momentos vividos no Inter e Corinthians. Pendurou as chuteiras no Olimpia-PAR, em 2007.

VEJA MAIS: Relembre Inter 1 x 0 Palmeiras: gol de Dunga salvou os colorados de queda à série B em 99

Chinesinho (meia) – Natural de Rio Grande (RS), o meia-esquerda Chinesinho fez sucesso no Inter entre 1955 e 1958. Teve como características os passes açucarados. Não cansou de dar assistências a Bodinho e Larry, uma das fantásticas duplas de atacantes do Colorado na década de 50. Era troncudo e tinha os olhos puxados, por isso recebeu o apelido de Chinesinho. O gaúcho, que iniciou a carreira como ponta-esquerda, atuou pelo Palmeiras entre 1958 e 1962. Pelo alviverde foi decisivo na conquista do Supercampeonato Paulista em 1959. Fez parte do elenco campeão paulista em 59 e da Taça Brasil em 60. Em 62, o Palmeiras negociou o meia com o italiano Modena e usou o dinheiro para a reforma do antigo estádio Palestra Itália. Pendurou as chuteiras no Nacional-SP, em 1974. Morreu em abril de 2011 aos 75 anos, vítima do mal de Alzheimer.

 

Outros jogadores com passagens por Inter e Palmeiras: Marinho Peres (zagueiro), Fabiano Eller (zagueiro), Élder Granja (lateral-direito), Marcão (lateral-esquerdo), Edinho (volante), Magrão (volante), Josimar (volante), Escurinho (meia), Chiquinho (meia), Caio (meia), Wellington Paulista (atacante).

 

foto: Divulgação



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)