Técnico argentino imita Van Gaal, troca goleiro e vence disputa de pênaltis

Um técnico argentino imitou a tática usada pelo holandês Louis van Gaal durante a Copa e mudou o goleiro de seu time no final do jogo para que o substituto pudesse fechar o gol durante a disputa de pênaltis.

Ricardo Caruso Lombardi é o treinador do Tristán Suárez. Seu time jogava as quartas-de-final do Torneio Reduzido, os playoffs da Primera B, a segundona argentina, contra o Deportivo Morón.

Com um 0 a 0 no placar e o jogo se aproximando do fim, o técnico, famoso na Argentina por salvar clubes que estão próximos do rebaixamento, resolveu trocar o goleiro Mauro Beltramella por Caprogrosso que, teoricamente, seria um melhor pegador de pênaltis.

A tática deu certo. Caprogrosso agarrou três cobranças e o Tristán Suárez se classificou para pegar o Acasusso na semifinal do torneio.

Caruso, uma vez durante entrevista, afirmou, sem nenhuma humildade, que era o Mourinho argentino. Pelo jeito, o técnico está mais para Van Gaal, que nas quartas-de-final da Copa, contra a Costa Rica, colocou Tim Krul no lugar de Jasper Cillessen e classificou, nos pênaltis, a Holanda para a semifinal do Mundial.



Jornalista, formado na Metodista, com passagens pelo UOL, R7, Meia Hora e Diário do Grande ABC.