Torcida do Racing dá espetáculo e clube assume a ponta na Argentina

O Racing Club tem talvez a mais fanática torcida da Argentina. O time não vence o campeonato local desde 2001. A proximidade do título que, enfim, tiraria o clube da fila fez com que a “hinchada” lotasse o estádio El Cilindro, no domingo (23).

A partida contra o River Plate, então líder do campeonato, era encarada como uma final tanto pelo time quanto pela torcida. Os fanáticos deram um verdadeiro show na arquibancada, com fumaça azul, uma arrepiante recepção aos jogadores e uma emocionante prova de amor a Diego Milito, o veterano atacante que lidera esta equipe.

Dentro de campo, o time sofreu e com um gol contra de Ramiro Funes Mori, após chute de Milito, assegurou a vitória por 1 a 0. Aliás, a torcida ajudou até nisso. No estádio, gritou e empurrou o time. E nos vestiários, antes da partida, auxiliou com um vídeo gravado por torcedores da Academia espalhados por todo o mundo.

Tudo bem que o River entrou com time reserva – de olho no 2º jogo da semifinal da Sulamericana contra o arquirrival Boca Juniors. Mas que o espetáculo foi bonito, ah, isso foi.

Faltando duas rodadas para o fim do campeonato, o Racing abriu dois pontos de vantagem sobre River e Lanús. Para gritar “é campeão”, a Academia ainda tem de enfrentar o Rosario Central (fora) e o Godoy Cruz (em casa).

O time tem a “sorte de campeão” ao seu lado, com vitórias sobrenaturais sobre Boca (com dois gols em 10 minutos), Velez (com um gol quase sem º querer de Centurion), Gimnasia (com um gol achado aos 40 minutos do 2º tempo) e Quilmes (após atuação impecável do goleiro, Bou faz um golaço de falta no fim).

Tudo isso misturado com uma torcida que, sim, ganha jogo, leva a crer que o Racing vai sair da fila. Será?

Veja abaixo o gol de contra de Funes Mori:

Veja o vídeo de incentivo:

Veja a festa da torcida:



Jornalista, formado na Metodista, com passagens pelo UOL, R7, Meia Hora e Diário do Grande ABC.