Vasco x Icasa: Veja os gols que recolocaram o Gigante da Colina na Série A

Vasco x Icasa se enfrentaram no Maracanã pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Jogando em casa, o Gigante da Colina não se impôs e empatou por 1 a 1, gols de Kléber e Nilson, garantindo o retorno à elite do futebol brasileiro.

LEIA MAIS:
Vasco x Icasa: É hora de subir e bater o recorde!
Ídolos alemães são destaques nas embalagens de Kinder Ovo

Com a bola rolando, o Vasco imprimiu um ritmo como nunca se viu durante toda a Série B. Até os onze minutos, o time já havia conseguido quatro chances claras de gol. Luan e Douglas conseguiram finalizar quase de dentro da pequena área, mas viram o goleiro Busatto fazer grande defesa e impedir o gol. Thalles também teve a sua oportunidade após excelente passe de Douglas, mas na saída do arqueiro jogou a bola para fora. Kléber quase marcou um golaço de voleio, mas Busatto, novamente ele, jogou para escanteio.

Após esse bom início, o Cruzmaltino recuou e o Icasa tentou sair na base das jogadas de bola parada e jogadas áreas, porém, não teve sucesso. O Vasco continuou com as melhores chances e Maxi Rodríguez e Douglas desperdiçaram.

O Icasa, retraído em seu campo defensivo, esperava a chance do contra-ataque e quase conseguiu com Nilson, mas o atacante não aproveitou o cruzamento de Junior Barros, para o alívio da torcida vascaína que lotou o Maracanã. Aos 22, foi a vez de Júnior Barros conseguir finalizar dentro da área, mas para uma grande defesa de Martin Silva.

O Vasco era melhor na partida, apesar dos dois sustos, e isso se refletiu aos 34 minutos, quando Douglas cobrou falta com muita qualidade na cabeça de Kléber para abrir o placar e fazer o Maracanã explodir.

O gol fez o Vasco esfriar a partida e levar a vantagem para o internalo. No segundo tempo, no entanto, ela não se manteve, já que Nilson, aos 9, acertou lindo chute de fora da área e empatou o duelo.

Na sequência, o Icasa quase virou com Mauri. O meia passou por Martin Silva e bateu cruzado, mas Diego Renan salvou o gol sobre a linha.

O Vasco tentou recuperar o controle da partida e voltar a pressionar o adversário, mas não conseguiu. Sem criatividade e força para pressionar, o time apresentou o desempenho comum desta Série B e não saiu do empate.

No último lance, aliás, quase que o Icasa virou o jogo, mas a cabeçada de Mauri foi para fora. A torcida não fez festa com o apito final e protestou.

De positivo, fica o fato de o resultado, apesar de não ser o ideal, ao menos garante o acesso para a Série A. Contudo, para voltar a ser grande, o Vasco ainda tem muito o que melhorar.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1  X 1  ICASA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 22/11/2014 – 16h (Horário de Brasília)
Público e Renda: 49.559 pagantes e 56.334 presentes / R$ 1.662.405,00
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Paulo Cesar Faria (MT) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartões amarelos: Ivonaldo, Nilson e Junior Barros (ICA)
Cartões vermelhos: Não houve

GOLS: Kléber (34’/1ºT); Nilson (9’/2ºT)

VASCO: Martin Silva, Carlos César (Lorran – Intervalo), Luan, Rodrigo e Diego Renan; Guiñazú, Fabrício e Douglas; Maxi Rodríguez (Lucas Crispim – 19’/2ºT), Thalles (Edmilson – 36’/2ºT) e Kléber – Técnico: Joel Santana.

ICASA: Gustavo Bussato; Ivonaldo, Naylhor, Marco Tiago e Zeca; Gilberto, Mauri, Neto (Bismark – 45’/2ºT) e Lucas; Junior Barros (Núbio Flávio – 25’/2ºT) e Nilson (Roger – 32/2ºT) – Técnico: Vladimir de Jesus