A importância dos fantasy games para o fã novato de NFL

NFL

Uma boa forma de se divertir, acompanhar e saber mais sobre tudo o que envolve a NFL é entrando na onda dos Fantasy Games. Esses jogos são organizados por sites especializados em esportes e possuem como objetivo principal testar a capacidade dos torcedores em gerenciar equipes em competições organizadas por grupos de amigos na internet.

LEIA MAIS
Veja imagens mais impressionantes do futebol americano

Os Fantasy Games ganharam popularidade nos últimos anos. É possível encontrar esse tipo de jogo em diversas modalidades. Além do futebol americano na NFL, a NBA, o Campeonato Brasileiro, a Liga dos Campeões da Europa, o Baseball, a Copa do Mundo e a Nascar são esportes que também conseguiram criar seus Fantasy Games de sucesso na internet.

O legal de um Fantasy é que o desempenho dos participantes é medido pelo que acontece na vida real do campeonato em questão. No caso da NFL, uma pessoa que cria um time precisa montar elenco com jogadores reais do esporte e sua pontuação será baseada no que os atletas escolhidos fizerem dentro de campo.

Ou seja, a pessoa que tem um time de Fantasy montado precisa torcer para que os jogadores escolhidos irem bem no campeonato. As estatísticas geradas pelos atletas vão determinar os resultados. Assim, se o quarterback (por exemplo) selecionado fizer uma partida com um bom número de touchdowns, a chance de ir bem no Fantasy é grande. Contudo, se você tem um QB que lançou interceptações, terá problemas.

Tal fato leva o fã da modalidade a acompanhar um número maior de jogos. Com isso, o jogador do fantasy irá se acostumar mais rapidamente a entender quem são os principais destaques por posição, saberá quando um determinado atleta teve uma atuação histórica ou pífia.

Um exemplo: um fã novo de NFL descobrirá rapidamente através do fantasy que Peyton Manning do Denver Broncos é uma máquina de fazer touchdowns e que seu irmão Eli gosta de interceptações no New York Giants. O jogo também permite saber que Andrew Luck vive um ótimo ano no comando do Indianapolis Colts e que DeMarco Murray tem corrido como nenhum outro running back na NFL.

Obviamente, o jogador de fantasy não vai substituir o conhecimento encontrado ao assistir uma partida pela televisão ou de uma busca pela história da modalidade. No entanto, esse tipo de jogo proporciona um entendimento complementar e de mais fácil compreensão, especialmente para os fãs novatos.

Para começar a jogar, você pode criar a sua própria liga em sites que disponibilizam esses jogos. Contudo, precisará juntar um grupo de amigos para realizar a disputa. Caso não consiga, há a chance de entrar em ligas públicas abertas.

Uma vez com o time montado e dentro de uma liga, o próximo passo é a formação do elenco. O processo de montagem do time também é bastante divertido. Há um recrutamento de jogadores parecido com o draft de novatos na NFL. A seleção, que pode acontecer online (onde cada participante escolhe os seus atletas) ou através de sorteio, define quem começará o campeonato com quais jogadores.

Há a possibilidade de trocas entre os participantes, dispensas de jogadores que não estão produzindo e também adicionar atletas em destaque que ficaram livres no mercado. Outro fator importante na disputa de um Fantasy Game são as lesões. É preciso estar atento aos jogadores que estão machucados para não perder pontos com atletas que podem ficar sem jogar.

Geralmente, as partidas do Fantasy são no sistema Head-to-Head (confronto direto). Nele, dois jogadores da liga se enfrentam e quem tiver o elenco que fizer mais pontos soma uma vitória no campeonato. Durante o torneio haverá um playoff entre os melhores classificados até que sobre apenas um participante, que será declarado como campeão.

Muitos sites norte-americanos possuem seu próprio fantasy da NFL. ESPN, Yahoo! Fox Sports, CBS e o do próprio site da NFL são os mais populares. Eles são simples e fáceis de jogar. Outra vantagem é que eles não privilegiam nenhuma posição. Tal fato, faz com que a sensação de gerenciamento do time seja bastante divertida.



Profissional formado em Jornalismo, com pós-graduação em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte. Experiência em web-jornalismo e hard news. Bom desenvolvimento de pautas, notas, especiais e grandes reportagens para impressos. Amplo conhecimento do mundo esportivo e de diversas modalidades.