Diego Tardelli revela ter recebido proposta e pode deixar Atlético-MG em 2015

O atacante do Atlético-MG, Diego Tardelli, pode estar com um pé e meio fora da Cidade do Galo. Isso porque, de acordo com o jogador, ele recebeu uma boa proposta do exterior pelo seu futebol e declarou estar bastante pensativo quanto ao seu futuro com a camisa alvinegra.

LEIA MAIS:
Opinião: CBF tem que criar torneio entre campeão brasileiro e da Copa do Brasil

Em entrevista concedida após o jogo contra o Coritiba, no último domingo, o camisa 9 atleticano não despistou e admitiu que a notícia da sondagem por ele deve ser revelada nos próximos dias e que já era para o torcedor “ficar ciente” de uma suposta iminência da sua saída.

Vivendo a melhor fase de sua carreira, Diego Tardelli está em sua segunda passagem pelo Atlético-MG. A primeira, entre os anos de 2009 e 2011, rendeu ao jogador o reconhecimento europeu e fez com que acabasse aceitando uma proposta do time russo Anzhi Makhachkala. Dois anos depois, no entanto, a vontade de voltar ao Brasil foi mais forte e ele acabou comprado novamente pelo Atlético-MG.

Desde fevereiro de 2013 vestindo as cores do clube, Diego Tardelli se tornou uma das peças mais importantes do time, tendo atuações decisivas na Libertadores do ano passado, Recopa Sul-Americana deste ano e Copa do Brasil, também em 2014. O ótimo futebol apresentado o credenciou, inclusive, a ser convocado por Dunga para amistosos da seleção brasileira, logo após a Copa do Mundo.

Confira principais trechos da entrevista

“O momento agora é de pensar bastante sobre o futuro. Recebi (uma proposta), não posso negar. O torcedor precisa ficar ciente disso, porque daqui a pouco a notícia vai chegar e é bom todo mundo ficar sabendo que tenho proposta, sim”, quando perguntado sobre a sondagem.

“Tenho que sentar com a minha família, decidir o que é melhor pra gente, momento agora de pensar bastante”, sobre o que pode pesar mais em sua decisão de aceitar a proposta ou não.

“Avalio como meu melhor momento, meu melhor ano. Tirando o ano de 2009, acho que este ano foi mais especial ainda, pelos títulos, pela seleção brasileira, por ganhar a Copa do Brasil, foi um ano muito especial”, ao fazer um balanço sobre se considera 2014 sua melhor fase com a camisa do Atlético-MG.

Foto: Reprodução

 



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...