Jornal mostra possível camisa bizarra do Barcelona para 2015

O diário catalão Sport revelou nesta terça-feira (2) imagens que seriam da próxima camisa do Barcelona, a ser lançada pela Nike no meio de 2015. O modelo seria uma verdadeira revolução na história do clube, pois traria as listras em azul e grená no formato horizontal, após 115 anos de faixas verticais, mas parece bizarra a quem se acostumou com o “manto” original.

LEIA MAIS
Relembre 8 jogadores que traíram seus clubes e não foram perdoados

Segundo o Sport, o projeto feito pela Nike já foi aprovado pelo presidente do Barcelona, Josep Maria Bartolomeu, e sua cúpula. Isso teria acontecido nas últimas semanas. A fornecedora apresentou os dois modelos para a temporada 2015/16 na última segunda-feira em reunião no clube a alguns membros do Barça. Os calções na cor grená não são nenhuma novidade, já que o clube usou algumas vezes, como no título da Liga dos Campeões de 2006.

A ideia de revolucionar o uniforme, de acordo com o jornal, teria sido uma forma de recuperar as vendas das camisas. Nike e Barcelona avaliaram que os desenhos recentes são muito parecidos, havendo poucas mudanças de um ano para o outro. O jornal cita a inclusão de um dragão na camisa do Real Madrid, feita pela Adidas, como um exemplo desse problema também no maior rival do Barça.

O segundo uniforme também teria sido decidido. As cores amarelo e vermelho, que tomaram a camisa reserva na temporada passada e são símbolos da Catalunha, voltariam nas costas do uniforme. Na frente, porém, o modelo seria todo amarelo, apenas com distintivo do Barcelona, logotipo da Nike e do patrocinador master. O calção do uniforme 2 seria azul.

O contrato da Nike com o Barcelona, segundo o jornal, rende 35 milhões de euros por ano ao clube, valor que pode subir para 55 milhões de acordo com as vendas de camisas. Tudo isso mostra por que o clube agora aposta nessa camisa tão bizarra.

Camisa Barcelona 2



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.