Opinião: A solução para Palmeiras tem nome e sobrenome: Vanderlei Luxemburgo

Palmeiras

Não é de hoje que o Palmeiras está em crise. Entra ano e sai ano o clube nunca consegue se reestruturar e aprender com os erros passados para buscar melhorar na temporada seguinte. Desde 2008 o Alviverde contou com alguns dos melhores técnicos do Brasil, como Luxemburgo, Muricy Ramalho e Felipão. Destes treinadores apenas Luxa e Felipão conseguiram dar ao Palmeiras algum título, mas mesmo assim, o clube nunca deixou a crise de lado.

LEIA MAIS
Agora reeleito, relembre os maiores erros do mandato de Paulo Nobre

Outros técnicos, com menos potencial ou como grandes apostas também passaram pelo clube como, Antônio Carlos Zago, Ricardo Gareca e Gilson Kleina. Jorginho, Jorge Parraga e Alberto Valentim comandaram a equipe interinamente em alguns jogos. Atualmente Dorival Júnior é o treinador do clube que luta pela última vaga na elite do futebol brasileiro.

Tal situação pode ser explicada pela falta de planejamento, pelo amadorismo das diretorias que passaram pelo clube nesse período e pelos péssimos elencos montados nesses anos.

Quando foi contratado, em junho deste ano, após a saída de Gilson Kleina, Ricardo Gareca não conseguiu desempenhar um bom trabalho. Culpa dele? Creio que não. O argentino precisava mais de um mês para montar e preparar seu elenco e não teve isso. O maior erro na “Era Gareca” foi sua contratação. Não pelo profissional que é, e sim porque o Palmeiras precisava de uma filosofia em especial.

Aliás, o Palmeiras precisa até hoje dele. Vanderlei Luxemburgo, que tirou o Flamengo da lanterna no Brasileirão é a única solução para o Alviverde. Motivos? Ele conhece muito bem o clube, os dirigentes e principalmente a torcida.

Ele é o único que tem “costas largas” para superar crises e o único que tem peito para aturar críticas da torcida. Ele tem prestígio e principalmente qualidade para recolocar o Palmeiras entre os grandes do Brasil.

Treinando o Alviverde Luxa conquistou quatro Campeonatos Paulista (1993, 1994, 1996 e 2008), dois Campeonatos Brasileiros (1993 e 1994) e um Torneio Rio-São Paulo (1993). Quer mais? Contratem ele novamente!

Foto: Getty Images