Opinião: Veja o resumo do encerramento da temporada FIA World Endurance 2014

O autódromo Jose Carlos Pace, recebeu no ultimo domingo, 30, uma das corridas mais acirradas e empolgantes da temporada da FIA WEC 2014. Com chuva e um duelo eletrizante nas pistas com as equipes Porsche, Toyota e Audi Sport, a competição chegou ao fim.

Nesse ano tivemos a honra de ver a equipe do piloto Néel Jani, que subiu ao pódio em primeiro lugar, após correr com modelo protótipo, a Porsche 919 – híbrido, que teve sua estreia nesta temporada de 2014. Mais uma vez, a Porsche contou com seus companheiros de equipe Marc Lieb e Roman Dumas. Onde souberam administrar o tempo em uma longa sessão de seis horas de adrenalina e emoção.

O campeonato também recebeu a equipe Toyota TS e a Audi, que fizeram um bom trabalho em todo percurso e mereceram a conquista das respectivas premiações como, o segundo lugar que ficou com o piloto Anthony Davidson e, o terceiro para Tom Kristensen, da equipe Audi Sport.

O campeonato trouxe muita ação, além de contar com o tempo de chuva, previsto no final da tarde em Interlagos, supostamente fomos surpreendidos com dois acidentes, que exigiu a entrada do carro de segurança para encerrar a corrida.

Já o piloto Mark Webber, que corria pela porshe 919- híbrido, n20, entrou em conflito com Matteo Cressoni, piloto da Ferrari 458 Italia. A batida foi beirando a curva, que acabou dando um impacto muito grande, fazendo o carro de Webber partir ao meio e pegar fogo. Deixando equipe e fãs aflitos. Em seguida Cressoni, foi atendido e liberado no mesmo local. Mas Webber precisou ser levado ao centro medico para uma análise mais aprofundada, até então no final do dia, o piloto já estava estável.

A Toyota Racing precisou incluir algumas estratégias para conseguir ao menos a vice-liderança como a troca de pneus, em um tempo recorde. Após o acidente de Webber e Cressoni, Davidson ficou impossibilitado de conquistar a quinta vitória no circuito FIA WEC.

O piloto Mark Webber e Timo Bernhard, haviam feito a pole position no treino oficial, no ultimo sábado, 29 de novembro, possivelmente poderiam alcançar boa posição na corrida oficial.

O dinamarquês, Tom Kristensen mereceu o terceiro lugar, formando o trio junto aos pilotos, Luca Di Grassi e Loic Duval, no qual conquistaram o espaço no pódio pela primeira vez para a Audi Sport Team Joest.

Para tristeza da equipe G-Drive Racing que infelizmente deixaram de acreditar no título, após o piloto Olivier Pla sofrer um possível problema mecânico na travagem para primeira curva, ocasionando um pequeno acidente. Onde Pla saiu ileso.

Resumindo, o circuito 6horas, contou com muita alegria no pódio e emoção nas pistas. O acidente da G. Drive Racing e, depois o conflito entre a Ferrari e a Porsche, fizeram que algumas equipes que dependia de segundos para concluir a corrida, ficaram prejudicados com a chegada do Safety Car.

Bom, agora é aguardarmos o início da temporada de 2015 que, tem duas datas pré-agendada, 27 e 28 de março, com abertura do calendário oficial no circuito Paul Ricard.

Assista ao acidente de Webber:



Paulista e Colunista. Já escrevi para Revista Voi – PR, The Music Journal Brazil – SP. Atualmente escrevo para o Portal StyleMag Brasil e Seven Days News.