Relembre as melhores gafes cometidas na Copa do Mundo

Felipao gafes

O ano de 2014 ficará marcado para sempre pela Copa do Mundo realizada no Brasil, 64 anos depois da primeira edição em território nacional. Se aquele Mundial terminou com a dor e o trauma do Maracanazo, a derrota para o Uruguai na grande final, esta deixa na história a marca do vexame do 7 a 1 sofrido contra a Alemanha na semifinal. Mas, para lembrar a competição com um olhar mais bem-humorado, é sempre bom relembrar as gafes cometidas na Copa-2014.

LEIA MAIS
Retrospectiva 2014: relembre as 10 melhores histórias da Copa das Copas

O Torcedores.com separou os momentos mais bizarros ocorridos durante a competição que parou o mundo e fez do Brasil o centro das atenções no Planeta Futebol. Teve narrador se confundindo no tempo ao falar nome de craque da seleção, hinos não tocados no estádio com seleções perfiladas, falta de educação da torcida nos estádios, palavrão ao vivo em canal por assinatura, entre outras gafes.

França e Honduras ficam no vácuo na hora do hino no Beira-Rio

Um problema no sistema de som logo no primeiro jogo do Beira-Rio na Copa do Mundo impediu França e Honduras de terem executados seus hinos nacionais no protocolo oficial da Fifa. A torcida francesa, revoltada com a gafe, cantou A Marselhesa à capela no início do jogo.

Torcida brasileira vaia o hino chileno no Mineirão

Uma demonstração inequívoca da falta de educação de alguns torcedores na Copa do Mundo foi a vaia ao Hino Nacional do Chile, quando a torcida adversária fazia a continuação à capela após o término da música no limite de tempo da Fifa. A vaia a um hino estrangeiro pegou bem mal para o público que foi ao Mineirão.

Torcida xinga a presidente da República diante do mundo inteiro

A falta de educação começou antes, na abertura da Copa, quando torcedores que estavam na Arena Corinthians extrapolaram o direito democrático de vaiar a presidente Dilma Rousseff e começaram a armar um coro xingando a chefe do Poder Executivo do Brasil com gritos de “ei, Dilma, vai tomar no c…”. O caso acabou virando a favor da petista, que recebeu mensagens de solidariedade até de adversários depois do episódio. Dilma acabaria reeleita meses depois.

Luis Roberto: “Esses negros maravilhosos”

O narrador Luis Roberto, da TV Globo, se empolgou com a goleada da França sobre a Suíça e mandou uma das frases mais engraçadas da Copa do Mundo. “Esses negros maravilhosos, que saem tabelando e tocando” foi uma das sentenças mais repetidas nas redes sociais desde então.

Galvão chama Neymar de Romário antes de Brasil x Camarões

Tudo que as coisas eram bem melhores para a seleção brasileira de futebol em 1994, mas Galvão se empolgou no saudosismo e chamou Neymar de Romário antes de um jogo na Copa do Mundo. Afinal, o que são 20 anos de diferença?

Loco Abreu se empolga com Uruguai solta palavrão ao vivo na ESPN

O atacante Loco Abreu não foi para a Copa como jogador, mas comentou jogos do Uruguai na ESPN Brasil. Na classificação uruguaia para o mata-mata, com vitória heroica sobre a Itália, Loco não se conteve e mandou dois palavrões ao vivo. Confira no vídeo.

Parreira e a carta de Dona Lúcia

Na tentativa de explicar o inexplicável, os 7 a 1 sofridos para a Alemanha, o coordenador da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, apelou para a leitura da carta de uma suposta apoiadora da seleção brasileira, chamada “Dona Lúcia”, que teria enviado a correspondência à Fifa, que a encaminhou à CBF. A cena foi uma das mais bizarras do Mundial, repercutida muito negativamente na imprensa.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.