Time romeno inventa ‘deixa que eu deixo’ na hora de cobrar falta

Um time romeno decidiu complicar algo muito simples no futebol, a cobrança de falta, e inventou uma espécie de “deixa que eu deixo”. Claro que a tática mirabolante não funcionou.

Cobrar uma falta é uma das coisas, teoricamente, mais simples do futebol. O time que se defende arruma a barreira, e o que ataca tem apenas que chutar a bola. Claro que marcar um gol é algo mais complicado e, por isso, tem muito jogador sem aptidão para Marcelinho Carioca que resolve inventar moda.

Foi o caso dessa dupla do Gaz Metan Medias, time da 1ª divisão do futebol romeno. Na partida contra o Concordia Chiajna, a equipe teve uma falta a seu favor marcada na entrada da área.

Um bom cobrador de falta teria uma ótima chance de marcar gol. No caso do Gaz Metan Medias, o jeito foi criar uma jogada. Dois atletas correram ao mesmo tempo na direção e… nenhum dois dois chutou. Isso mesmo, eles passaram direto.

De certo modo, a tática até conseguiu confundir os defensores. Mas, um dos dois jogadores de ataque teve de dar meia volta para chutar a bola. Daí, nada mais deu certo.

A bola até chegou a ser levantada na área e cabeceada, mas o goleiro do Concordia Chiajna defendeu sem maiores problemas. O Gaz Metan Medias acabou perdendo o jogo por 2 a 0. Foi um papelão duplo. Tomara que a moda não pegue.

Veja abaixo a cobrança “deixa que eu deixo” do Gaz Metan Medias:

Crédito da foto: Reprodução de vídeo



Jornalista, formado na Metodista, com passagens pelo UOL, R7, Meia Hora e Diário do Grande ABC.