Mercado da bola: Conca não fecha com Flamengo e Corinthians fica mais próximo de contratá-lo

Corinthians

O mercado da bola pegou fogo na noite deste domingo com a tentativa oficial de o Flamengo contratar o meia Dario Conca, do Fluminense. Contudo, apesar de todo o esforço do Rubro-Negro carioca em contar com o argentino para 2015, o Tricolor Carioca não aceitou negociar o jogador preferido de sua torcida com um rival, mas isso não significa que Conca seguirá nas Laranjeiras.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Corinthians e Flamengo oficializam proposta por Conca, mas Fluminense recusa
Pesquisa internacional aponta torcida do Botafogo como a melhor do Brasil; veja o ranking

A questão em torno de Conca é bem simples: a torcida do Fluminense e o grupo político que apoia Peter Siemsen não aceitam a saída de Conca. Porém, a diretoria do Flu não tem condições de mantê-lo no clube sem que a Unimed, ex-patrocinadora do time, cumpra a sua parte no contrato e pague os R$ 500 mil de direitos de imagem.

O problema é que a empresa presidida por Celso Barros não tem o menor interesse em manter o jogador em um clube que não expõe mais a sua marca na camisa. Logo, a pressão é forte por parte da antiga parceira para que o Fluminense aceite negociá-lo. O clube tenta segurá-lo ao máximo, o que pode até mesmo, segundo Paulo Vinicius Coelho, arrastar essa novela até o Campeonato Brasileiro.

Com a negativa do Flu em vender Conca para o Flamengo, quem fica mais próximo de fechar o negócio é o Corinthians. O clube paulista, no entanto, já teve uma primeira proposta negada. Segundo o programa Esporte em Debate, da Rádio Bandeirantes, o Corinthians ofereceu R$ 3 milhões para adquirir os direitos federativos do atleta, mas o Fluminense exige R$ 5 milhões como o valor mínimo para pensar em negociar o seu principal jogador. Além disso, o Timão se propõe a pagar R$ 400 mil mensais de salário a Conca, valor bem abaixo dos atuais R$ 750 mil que ele recebe do Fluminense (R$ 250 mil) e da Unimed (R$ 500 mil), dona de 80% dos direitos econômicos do atleta.

Desse modo, a questão entre Conca, Corinthians, Fluminense e Unimed só precisa de um acerto financeiro. A questão agora é de dinheiro vivo, coisa que o Timão não tem, mas está disposta a arrumar para contratar um dos melhores jogadores de meio campo do futebol brasileiro.

Foto: Getty Images