Mercado da bola: Rafael Marques deve chegar ao Palmeiras semana que vem

O Palmeiras ainda não encerrou as suas atividades no mercado da bola e, segundo Lancenet, o clube busca um atacante como últmo reforço para 2015. Apesar de já ter sonhado com Fred no início da janela de transferência, o Alviverde pode anunciar Rafael Marques, ex-Botafogo, ainda na próxima semana.

LEIA MAIS:
Gabriel chega ao Palmeiras e afirma: “Escolhi o Palmeiras, primeiramente, pela camisa”
Empresários estariam tirando vantagem de Palmeiras e São Paulo no mercado da bola; entenda

Embora já tenta vestido a camisa alviverde em 2004, Rafael Marques fez sua carreira fora do Brasil, no Omiya Ardija, do Japão, onde passou a ser observado por Oswaldo de Oliveira, que a época trabalhava no país asiático. Quando Oswaldo chegou ao Botafogo, em 2012, ele pediu a contratação do atleta, que no início foi bastante criticado pela torcida alvinegra.

De grandalhão e desengonçado, porém, Rafael Marques se tornou um dos principais nomes do time em 2013, jogando como centroavante, ponta de lança e até mesmo meia. Ao final da temporada, ele terminou como o artilheiro do time, com 13 gols.

Aos 31 anos de idade, ele assinou contrato por três anos com o clube chinês no começo de 2014, e portanto ainda tem mais duas temporadas na Ásia. Porém, seu empresário, Eduardo Uram, tem bom trânsito com a atual diretoria e pode ser um facilitador na negociação, sobretudo porque o jogador deseja voltar ao Brasil.

O nome de Rafael Marques é um pedido do técnico Oswaldo de Oliviera e agrada também ao diretor de futebol, Alexandre Mattos. Com a saída de Henrique, o Palmeiras já se acertou com Leandro, ex-Chapecoense, mas é bom lembrar que no Botafogo Oswaldo de Oliveira não adotou um esquema tático com um jogador fixo na área. Na época, o ídolo alvinegro Loco Abreu teve que deixar o clube por dificuldades em atuar no estilo de jogo de Oswaldo, enquanto no Santos, quando escalava Leandro Damião, seu time perdia bastante poder de fogo. Rafael Marques é um dos jogadores que conseguem atuar dentro do  sistema de movimentação ofensiva do treinador.