Rally Dakar começa neste sábado; veja quem são os favoritos a vitória

A 37ª edição do Rally Dakar tem início neste sábado (3), com a realização da largada promocional, que acontecerá na frente da Casa Rosada, sede do governo argentino, em Buenos Aires. Neste ano, 665 competidores representarão 53 países, em um total de 414 veículos que percorrerão mais de 9.000 quilômetros durante as 13 etapas do maior rali Cross Country do mundo.

Pilotos tradicionais mais uma vez participarão do Dakar neste ano. Nos carros, o espanhol Nani Roma defenderá o seu título de 2014 correndo mais uma vez pela Mini, que também terá como pilotos o argentino Orlando Terranova e o polonês Krzysztof Holowczyc. Já a Peugeot retorna ao Dakar e terá como pilotos os multicampeões Stéphane Peterhansel, Carlos Sainz e Cyril Despres, que fará sua estreia nos carros.

O Brasil terá três competidores entre os carros. Guilherme Spinelli e Youssef Haddad correrão com um Mitsubishi ASX, enquanto o navegador Edu Sachs correrá ao lado do português Ricardo Leal, com um Nissan. “Tudo o que fizemos ao longo do ano está pronto para este momento. O Rally Dakar é a primeira competição do ano e também a mais importante”, disse Spinelli.

Nas motos, Marc Coma surge como principal candidato ao título do Dakar. Em busca de seu quinto campeonato, o espanhol defenderá a KTM, que também terá Jordi Villadoms e Ruben Faria. Joan Barreda, Paulo Gonçalves e Helder Rodrigues serão os representantes da Honda, enquanto Olivier Pain e Juan Pedrero disputarão a prova pela Yamaha. Jean Azevedo mais uma vez será o único brasileiro nesta categoria.

Entre os quadriciclos, a grande ausência será a dos irmãos Marcos e Alejandro Patronelli. “A ideia era correr em 2015, mas o ano foi passando e começamos a ter muito trabalho na nossa fábrica de semirreboques e isso nos tirou o tempo para fazer uma boa preparação. Há dois meses, quando começamos a arrumar as coisas para competir, percebemos que estávamos com a cabeça na empresa, então preferimos não competir”, disse Marcos ao diário Olé.

Desta forma, o atual campeão Ignazio Casale inicia o Dakar como principal candidato ao título da classe, ao lado do polonês Rafal Sonik. André Suguita será o único brasileiro nesta classe e correrá com um quadriciclo da Can-Am.

Pelos caminhões, o trio da Kamaz formado pelos russos Andrey Karginov, Andrey Mokeev e Igor Leonov são os favoritos mais uma vez, mas o trio da Iveco, liderado pelo holandês Gerard De Rooy tentará vencer a esquadra russa.



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.