Dirigente do Flamengo garante um camisa 10 até o Brasileirão

Flamengo
Reprodução/Facebook

O Flamengo não esconde de ninguém que busca a contratação de um camisa 10 para a disputa do Campeonato Brasileiro, sendo a essa a principal carência da equipe rubro-negra. Jadson, Montillo e Paulo Henrique Ganso foram alguns dos nomes sondados em 2015, sendo que após a negativa do meia corintiano, o craque argentino passou a ser a prioridade na Gávea.

LEIA MAIS:
Flamengo se deu bem ao pagar dívida com Palmeiras e Vasco por Vagner Love; entenda
Opinião: Baila comigo, Flamengo

Contudo, como se sabe, o situação de Montillo independe do desejo do atleta e do Flamengo, mas sim do Shandong Luneng-CHI, clube que detém seus direitos federativos e que não tem a intenção de liberá-lo agora. O Fla reconhece esse impasse e garante esperar pelo jogador, contudo, se Montillo não vier, o vice presidente de futebol Alexandre Wrobel garante que p clube já tem um plano B:

“O atleta abre mão da multa contratual, aceita vir ganhando metade do que recebe na China, e disse que no Brasil só joga no Flamengo. Ele está fazendo tudo que é possível para vir. Os chineses foram muito duros, mas o problema não é dinheiro. A questão é que eles não querem liberar o principal jogador na Copa da Ásia. Continuamos batalhando, a janela fecha agora em abril e depois abre em julho, mas aí ele perderia 12 rodadas do Brasileirão. Temos um plano B, mas vamos, primeiro, esgotar o plano A”, declarou o dirigente em evento com torcedores na Gávea, conforme informou o Lancenet.

Resta saber qual seria o plano B de Vanderlei Luxemburgo. Com Jadson descartado, Ganso e Valdivia foram alguns dos atletas especulados recentemente para vestir a camisa 10 da Gávea.