Fluminense vence o Barra Mansa e se mantém vivo na luta pelo G4

NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

Ainda fora do G4, o Tricolor segue vivo na competição, chegando neste domingo (29) a sua segunda vitória seguida, mantendo os dois pontos que o separa da zona de classificação. Ainda sem resultados negativos em dois jogos no comando, Ricardo Drubscky terá uma semana para implantar sua filosofia de jogo e manter a equipe motivada para o Fla-Flu.

LEIA MAIS
Walter pode sair do Fluminense e voltar para sua ex-equipe
Jobson pode trocar o Botafogo pelo Fluminense no segundo semestre

Com o gramado escorregadio no Moacyrzão, o Fluminense entrou em campo numa noite chuvosa, com a obrigação de trazer mais três pontos e se manter vivo na luta por uma vaga no grupo dos quatro primeiro colocados e depender apenas de si para passar às semifinais.

Com cinco minutos de bola rolando, parte da iluminação caiu e o juiz foi obrigado a interromper a partida devido a pouca visibilidade. Aproximadamente doze minutos depois, a partida foi reiniciada. E quem partiu para cima foi o Barra Mansa.

Após jogada de Rafael, que enxergou a movimentação errada da zaga, Hudson recebeu nas costas de Gum e ficou cara a cara com Cavalieri. Livre, o atacante que já marcara contra o Botafogo na última rodada, provou gostar de marcar em cima dos times grandes e mandou firme de esquerda ao gol, abrindo o placar.

O Fluminense colocou a bola no chão e se ligou mais na partida. Wellington Silva chegou a linha de fundo, limpou bonito a marcação e cruzou a bola para Kenedy, que escorou de cabeça e deixou para Fred completar, empatando o placar. Mais tranquilo, o Fluminense começou a gostar do jogo, se soltou e logo conseguiu a virada. Giovanni recebeu livre na esquerda e mandou para área. Kenedy, com muita habilidade, matou no peito e mandou a bola seca no fundo do barbante.

O Barra Mansa voltou elétrico do vestiário, pressionando e assustando nos contra-ataques. Dispersa, a defesa dava espaço e implorava para levar o gol de empate, mas Cavalieri, em grande noite, evitou que a bola estufasse a rede.

Na metade da segunda etapa, a equipe das Laranjeiras resolveu voltar a jogar bola, aproveitou bem as chances criadas e matou o jogo.  W.Silva cruzou de pé esquerdo e encontrou a cabeça de Fred, que em movimentação perfeita, antecipou-se a marcação e desviou para ampliar o placar (o jogador juntou-se a M.Cirino e Rodrigo Pinho na artilharia da competição com nove gols). Um minuto depois, em jogada de contra-ataque, Vinícius avançou pela esquerda e cruzou para Gérson, livre na área, abrir a porteira. Com o resultado do jogo praticamente definido, Jean diminuiu a diferença para o Barra Mansa após bela jogada de Vitinho pela esquerda.

Apesar da vitória, em jogo que foi superior tecnicamente, o Fluminense ainda apresentou falhas defensivas e deixou espaços grandes entre os setores de defesa, meio-campo e ataque. Fred chegou aos 148 gols com a camisa tricolor e está a um gol de alcançar Russo e se tornar o 6º maior artilheiro da história do clube.

O Fluminense fará, no próximo domingo, às 18h30, o clássico contra o líder Flamengo no Maracanã.



Estudante de Jornalismo na PUC-RIO. Amante do futebol, fã de MMA e torcedor fanático do Fluminense.