Jogador da seleção passa bem após deixar campo sangrando

Foto: Reprodução Sportv

Contratado pelo Benfica após se destacar pelo Bahia, Anderson Talisca bateu a cabeça no lance do gol que decretou a vitória da seleção brasileira sub-23 sobre o Paraguai por 4 a 1 na sexta (27) e deu um susto ao sair do estádio Kléber Andrade de ambulância. Liberado pelos médicos, ele viajou com a delegação para São Luís.

LEIA MAIS:
Show de Vitinho e drama de Talisca marcam goleada brasileira sobre o Paraguai
De criticado por Muricy a alvo do Chelsea: Felipe Anderson agora vale R$ 139 milhões

Talisca deixou o gramado do estádio em Cariacica com o nariz e a boca sangrando. Encaminhado para o hospital na região de Vitória-ES, realizou uma tomografia de crânio e dos seios da face. De acordo com informações da CBF, o jogador teve uma concussão cerebral e foi liberado para seguir com a delegação brasileira até São Luís.

Neste domingo (29), os comandados do técnico Gallo enfrentam o México no segundo amistoso preparatório para as Olimpíadas de 2016. O Brasil tentará conquistar no Rio de Janeiro a medalha de ouro inédita.

No jogo contra o Paraguai, Talisca entrou no segundo tempo, no lugar do atacante Vitinho, que fez dois gols e deu assistência para Lucas Silva marcar o primeiro do Brasil. Oportunista, o atacante do Benfica apareceu na área e concluiu de cabeça para fazer 4 a 1. Logo após o gol, ele sofreu a lesão e foi substituído por Vinícius Araújo.