Melo e Soares vencem mais uma e estão nas quartas de Miami

Se Thomaz Bellucci deu adeus mais cedo, o Brasil ainda está vivo no Masters 1000 de Miami na chave de duplas. Nessa segunda-feira, Marcelo Melo e Bruno Soares, que não estão jogando com seus parceiros fixos, avançaram às quartas de final ao baterem a parceria formada pelo britânico Jamie Murray e o australiano John Peers por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 4/6 e 10/7, em 1h23min.

Este é o primeiro torneio em que os mineiros atuam em parceria no circuito desde 2013, quando conquistaram o ATP 250 de Estocolmo. Melo e Soares firmaram parceria no torneio da Flórida, já que Ivan Dodig (parceiro do primeiro) está lesionado e Alexander Peya (companheiro do segundo) está acompanhando o nascimento do seu segundo filho.

Na temporada, os duplistas brasileiros já jogaram juntos no confronto diante da Argentina pela Copa Davis, em Buenos Aires. Na ocasião, os brasileiros venceram Carlos Berlocq e Diego Schwartzman em sets diretos.

Cabeças de chave número 3, Melo e Soares voltam à quadra nesta terça-feira para enfrentarem os norte-americanos Ryan Harrison e Rajeev Ram por volta das 19h (horário de Brasília). Mais cedo, Bellucci e João “Feijão” Souza perderam nas oitavas de final para o croata Marin Draganja e o finlandês Henri Kontinen por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/3.

Enquanto Melo debuta na fase de quartas de final em Miami, Soares vencera duas partidas em Crandon Park em outras duas temporadas. Quando viajavam juntos pelo circuito, entre 2010 e 2011, a parceria verde-amarela não passou da primeira rodada nas duas participações.

Curtiu minha matéria? Siga-me no Twitter: @fontes_matheus.

Foto: Cristiano Andujar/CBT



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.