Nascar: Hamlin se recupera de punição e vence em Martinsville

Denny Hamlin venceu na tarde deste domingo (29) a STP 500, sexta etapa da temporada 2015 da Nascar Sprint Cup, disputada no Martinsville Speedway, circuito de pouco mais de 800 metros de extensão. Esta foi a primeira vitória do piloto da Joe Gibbs, que precisou fazer uma prova de recuperação, neste ano e a quinta do dono do Toyota Camry número 11 no oval curto. A segunda colocação ficou com Brad Keselowski, enquanto Joey Logano completou a lista dos três melhores.

LEIA MAIS:
Com tática perfeita, Vettel derruba a Mercedes e vence o GP da Malásia de F1

Hamlin apareceu quase o tempo inteiro entre os cinco melhores da corrida. O piloto, que largou da 15ª colocação, acabou punido pela direção de prova na volta 167, após um pneu retirado de seu carro ficar solto no meio da área da pista de rolagem do circuito de meia milha. A partir deste momento o representante da Joe Gibbs iniciou uma corrida de recuperação, culminando com a vitória.

A prova em Martinsville foi marcada pelo revesamento de pilotos na liderança da prova, disputada em 500 voltas. 13 pilotos diferentes estiveram na primeira posição da corrida, que teve seu ponteiro alterado em 31 oportunidades. Kevin Harvick, oitavo colocado da prova, foi quem mais apareceu na ponta do páreo, com 154 voltas lideradas. Hamlin, líder em 91 passagens, assumiu a ponta definitivamente no 473º giro.

Outro destaque da prova foi Danica Patrick, única mulher que disputa regularmente a Nascar Sprint Cup, terminando na sétima posição. O Safety Car também foi muito presente ao longo da corrida, com 16 intervenções e 112 voltas. Entre todas as neutralizações, apenas três ocorreram por conta de detritos na pista. Ricky Stenhouse Jr. provocou duas entradas do carro de segurança.

Com os resultados da etapa de Martinsville, a liderança do campeonato segue com Kevin Harvick, com duas vitórias. O grupo dos cinco melhores ainda conta com Joey Logano, Brad Keselowski, Denny Hamlin e Jimmie Johnson, cada um com dois triunfos. Na Nascar, a pontuação por etapa serve apenas como critério de desempate, uma vez que as vitórias definem a classificação da temporada e os classificados ao Chase.

Entre os pilotos que ainda não venceram, o melhor é Martin Truex Jr., com 231 pontos após seis corridas, pontuação que o coloca na sexta posição. Kasey Kahne é o sétimo, seguido por Ryan Newman, Paul Menard e Dale Earnhardt Jr., que fecha o grupo dos dez melhores. A zona de classificação ao Chase tem como novidade Danica Patrick, que assumiu o 16º lugar com a sétima posição deste domingo e superou A.J. Allmendinger.

Após a realização de seis etapas em finais de semanas seguidos, a Nascar para na próxima semana por conta do feriado da Páscoa e volta apenas no dia 11 de abril, com a realização da Duck Commander 500, que será disputada no Texas Motor Speedway, em Fort Worth. O circuito possui uma milha e meia e a prova será disputada em 334 voltas, totalizando 501 milhas.

Foto: Nick Laham



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.