Opinião: São Paulo vai do céu ao inferno em 3 meses

Getty Images

Um time que foi vice campeão brasileiro do último ano, que contava com um bom elenco e se reforçou bem durante a pré-temporada, pode entrar em crise logo no começo do ano? Segundo o São Paulo, sim. É simplesmente inacreditável a situação do clube em apenas 3 meses nesse ano. Mas afinal de contas, o que houve com o time do Morumbi?

LEIA MAIS
Campanha do São Paulo no ano não é a pior entre os grandes de SP

Serei sincero, não sei. Embora possamos levantar diversas hipóteses, é complicado entender o que levou a queda brusca de rendimento em tão pouco tempo. Vejamos: É fato que Aidar e seus cartolas começaram o ano pressionando o técnico Muricy Ramalho, e com razão. Porém, de forma errada, na mídia. O treinador havia recebido todas as peças que pedira e possuía em mãos o material necessário para ganhar tudo em 2015 ? Sim. Mas quando se cobra em público, acaba-se gerando um desconforto na comissão técnica. Isso sem falar na crise interna que já vive o Tricolor a quase um ano.

Porém, é difícil acreditar que apenas isso teria levado a inacreditável queda de rendimento. Vamos a saída de Kaká. Embora em campo, tenha sido um verdadeiro fiasco, é fato que o jogador usou de toda sua experiência para ajudar e dar o exemplo a todos do CT da Barra Funda, ao Morumbi. Mas teria sido a saída do craque que gerou uma crise imensurável ? Saindo apenas um atleta, se implode um grupo todo ? Todos esqueceram como se joga futebol ? Todos viraram inimigos?

Inimigos ? Sim. Já começa a pipocar na mídia os rumores de que existem rachas no elenco do São Paulo. Uma parte dos jogadores não estaria satisfeita com o comportamento de Rogério Ceni, Luis Fabiano e PH Ganso. De fato. Rogério se omitiu nos grandes jogos, Luis reclama e nunca joga, Ganso é um verdadeiro zumbi (gélido) em campo. Mas também é fato que com as raras exceções de Centurión, recém chegado, Michel Bastos, em ótima fase desde a última temporada e Cafu que até tenta, tem vontade, mas falta qualidade técnica, não há ninguém jogando bem no time tricolor (Carlinhos e Bruno penam em campo).

Outros já apontam o fator motivador da crise a apatia do treinador Muricy Ramalho. Concordo. Não é de hoje que Muricy ”dorme” na beira do campo, calmo como uma criança e sem dar instrução alguma ao ”esquadrão” tricolor. Não só. Jornalistas garantem que Muricy só da rachão nos treinamentos, deixando de lado os treinos de posicionamento tático e demais treinos de aptidões. O que vem gerando certo desconforto em alguns jogadores, que também reclamam que o treinador escalaria o time apenas pelo nome dos atletas. Conselheiros, cartolas e torcedores dizem que a apatia do treinador, contamina o restante do elenco. Além dos protesto, dizem, orquestrados por Aidar, da Independente, que coloca ainda mais pressão no técnico. Até mesmo Ataíde Gil Guerreiro vem sendo pressionado por defender o treinador são-paulino.

Qual das alternativas é a correta ? Por enquanto, não se sabe, que tudo isso de certa forma é verdade, não há duvidas, mas é difícil acreditar que apenas isso cause uma apatia tão grande no time em campo. Talvez com o tempo, outras coisas venham á tona, mas enquanto isso não acontecer, continua simplesmente inacreditável o fato de um time com jogadores tão bons como o São Paulo, consiga jogar quase (senão se) tão mal quanto o próprio São Paulo de 2013. Difícil entender.

 



Gabriel Mazzo é freelancer na Web e escreve para diversos site de esporte. São-paulino fanático, apaixonado pelo tricolor.