Ricardo/Emanuel vencem etapa de Salvador e são campeões brasileiros 2014/15

Vôlei

Quando Ricardo/Emanuel refizeram a parceria, em agosto do ano passado, confesso que não apostava que os “vovôs” do vôlei de praia, que juntos somam 81 anos de idade, voltariam aquele ritmo vencedor, que deu a eles o ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas e o bronze em Pequim.

LEIA MAIS
Com titulares poupadas, Seleção promete surpresas “de olho” nas Olimpíadas Rio 2016

Sete meses depois, eles conquistaram, ainda neste sábado (28), o título do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Hoje, na decisão da etapa de Salvador, a nona e última da temporada, os já campeões brasileiros venceram os jovens Guto/Allison por 2 sets a 1 (19/21, 21/16, 15/11), garantindo também o título da etapa baiana.

Além dos dois títulos, marcas. Jogando em casa, Ricardo chegou ao 29º título de uma etapa brasileira ao lado de Emanuel. Somando conquistas nacionais e internacionais, são agora 154 ouros da parceria.

Em relação às conquistas individuais, Emanuel se isola como o maior vencedor do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, com nove títulos (94, 95, 2001, 2002, 2003, 2006, 2008 e 2011). O curitibano estava empatado com as ex-jogadoras Adriana Behar/Shelda, que levantaram a taça oito vezes. Já Ricardo, campeão da temporada pela primeira vez em casa, conquista seu sexto título. O baiano venceu em 2002, 2003, 2006, 2008 e 2013/2014.

Diante disto, a dupla vai muito forte para o Superpraia, torneio final da temporada nacional, que acontecerá entre os dias 27 de abril e 3 de maio, em Maceió. Logo depois, devem entrar fortes também no Circuito Mundial, que abrirá a contagem de pontos para os Jogos do Rio.

Se antes havia dúvida, agora acredito que os lendários, pelo atual momento, têm tudo para repetir o bom retrospecto a nível mundial.

Além do título para Ricardo/Emanuel e do vice para Allison/Guto, Márcio Araújo/Saymon fecharam o pódio masculino. Alison, que voltou às quadras após seis meses afastado por duas cirurgias, ao lado de Bruno Schmitd, foi eliminado nas quartas de final.

Maria Clara/Carol vencem etapa e garantem vice-campeonato brasileiro

Fora do Campeonato Mundial, por não terem alcançado uma boa colocação no ranking internacional em 2014, Maria Clara/Carol deram mais um importante passo para garantir uma vaga no Circuito Mundial.

Campeãs em Salvador, ao derrotarem Juliana/Maria Elisa por 2×1, as irmãs Salgado asseguraram o vice-campeonato da etapa brasileira, colocação que as coloca entre os times credenciados pela CBV para disputar o tour internacional.

Larissa/Talita, campeãs brasileiras por antecipação, completaram o pódio feminino.

Imbróglio

De acordo com uma matéria do jornal O Povo, publicada neste domingo (29), as cariocas teriam conseguido fazer a CBV voltar atrás e cancelar a contagem de pontos do Campeonato Mundial.

Sem uma das quatro vagas disponibilizadas para o Brasil, elas, assim como Bruno/Hevaldo, vice-campeões brasileiros, mas com poucos pontos internacionais em 2014, não disputariam o principal torneio do ano, ficando sem chance de somar os 1.000 pontos que a competição oferece aos vencedores da etapa holandesa.

Ainda conforme o texto, a CBV teria anunciado a decisão aos atletas na última sexta (27), mas sem dar uma confirmação oficial à imprensa.

Inicialmente, Alison/Bruno Schmidt, Ricardo/Emanuel, Pedro Solberg/Evandro, Vitor Felipe/Álvaro Filho; Larissa/Talita, Ágatha/Bárbara Seixas, Juliana/Maria Elisa e Fernanda Berti/Taiana seriam as oito duplas classificadas. 

Com a vaga olímpica em jogo, a discussão sobre esses representantes deve ganhar outros capítulos.



Jornalista, publicitária e grande amante do voleibol brasileiro desde criancinha. Mantém, desde 2010, o blog Primeiro Set, espaço que busca divulgar informações e resultados da sua modalidade preferida. Procura dar um foco maior ao vôlei de praia, muitas vezes esquecido pela imprensa esportiva nacional.