Sexto em Sepang, Massa culpa pit-stop lento pela perda do quinto lugar

Felipe Massa demonstrou irritação com a Williams após terminar o Grande Prêmio da Malásia de Fórmula 1, disputado na manhã deste domingo (29), com a sexta colocação. O brasileiro, que largou na sétima posição, chegou a aparecer no quarto posto durante a prova, mas perdeu rendimento, sendo superado pelos finlandeses Kimi Raikkonen e Valtteri Bottas, este último, seu companheiro de equipe e que conseguiu ultrapassá-lo na última volta.

LEIA MAIS:
Com tática perfeita, Vettel derruba a Mercedes e vence o GP da Malásia de F1

“Na verdade foi uma corrida boa, mas perdi dois segundos no último pit-stop, e ali perdi a vantagem que eu tinha para administrar o pneu e chegar na frente do Bottas”, observou o brasileiro em entrevista à Rádio Bandeirantes. “Quando a gente está numa briga dessas e perde os pneus é difícil segurar a posição”, lamentou.

Questionado se a disputa com o companheiro de equipe foi limpa, Massa foi categórico “Foi leal, até pq é difícil não ser uma briga leal entre companheiros, mas poderia não ter esse problema se não tivéssemos esse problema com a parada nos boxes”, seguiu o brasileiro.

Em entrevista à TV Globo, Massa destacou o desempenho da Ferrari, mas frisou que o crescimento da equipe italiana não é interessante para a Williams. “Não achei bom o desempenho da Ferrari. Eles vêm crescendo, fazendo pontos e isso é ruim. Chegamos na nossa melhor posição hoje”, disse. “Eu acho que a Ferrari teve um ritmo muito forte nos treinos, ninguém os imaginava assim”, completou.

Após o GP da Malásia, Massa segue com a quarta colocação do Campeonato Mundial, agora com 20 pontos. A liderança é de Lewis Hamilton, com 43, três a menos em relação a Sebastian Vettel, vencedor da prova deste domingo, vice-líder com 40. Nico Rosberg é o terceiro, com 33.

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece no dia 12 de abril, com a realização do Grande Prêmio da China, que será disputado no Circuito Internacional de Xangai.

Foto: Charles Coates/Williams



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.