Zé Roberto atribui derrota a falta de trabalho psicológico

Jogador do Palmeiras entende que faltou trabalhar a parte psicológica. Vitória no clássico não refletiu contra o Red Bull.

LEIA MAIS:
Wesley, do São Paulo, provoca o Palmeiras após derrota para o Red Bull

O Palmeiras goleou o São Paulo na quarta-feira, por 3 a 0, e empolgou seus torcedores. Hoje, contra o Red Bull, os mesmos titulares acabaram perdendo e deixando três pontos em Campinas.

Zé Roberto atribuiu a derrota ao fator psicológico. “Foi totalmente diferente do que o jogo passado. Não conseguimos manter o mesmo ritmo. Essa semana será importante para trabalharmos mais a parte psicológica, que faltou bastante hoje,” disse.

Já o goleiro Fernando Prass confessou que sabia da comparação com o jogo do meio de semana. Segundo o arqueiro, o Verdão até teve chances de converter e virar o jogo, mas não conseguiu.

“Sabia que iriam fazer essa comparação (jogo contra o São Paulo), a gente conversou sobre isso no vestiário. Falhamos hoje, erramos na marcação e tomamos dois gols. Até reagimos, tivemos chances no segundo tempo, mas não tivemos competência,” disse.



Thiago Gomes é Administrador de Empresas. Trabalha com estratégias digitais e consultoria de e-commerce. É palmeirense e um apreciador do futebol, tanto nacional quanto internacional. Escreve para site esportivo desde 1996.