Zico tem orgulho de jogar com a camisa do Vasco na despedida de Dinamite

Arthur Antunes Coimbra, mais conhecido como Zico, é o maior jogador da história do Flamengo. Com 831 gols na carreira, sendo 508 apenas com a camisa Rubro-Negra, o Galinho de Quitino também é o maior artilheiro da história do clube e do Maracanã, estádio no qual balançou as redes 333 vezes. Contudo, uma vez, ele vestiu a camisa do rival Vasco da Gama.

LEIA MAIS:
Mais uma vez, Flamengo bate recorde de audiência na Globo
Dinamite garante ter feito um bom trabalho no Vasco, mas descarta retorno

O evento em que isso ocorreu aconteceu no dia 24 de março de 1993 e se tratou da despedida de Roberto Dinamite do Vasco da Gama. Zico foi um dos convidados especiais para a homenagem e não viu problema algum em vestir a camisa 9 do Gigante da Colina, como revelou no programa Jogando em Casa, do Esporte Interativo:

“Foi um prazer, um orgulho está participando deste evento, a despedida do Roberto. Foi uma coisa importante e um dos grandes idealizadores foi um grande rubro-negro: o Kléber Leite, que ajudou muito na elaboração do evento. Eu estava no Japão quando o Roberto me fez o convite, eu aceita e era só questão de adaptar a data. Eu tinha folga naquele período, mas foi puxado, porque eu cheguei praticamente antevéspera, fiz um treino e joguei e no dia seguinte já estava embarcando. Não houve problema [por ser flamenguista e vestir a camisa do Vasco], no mesmo momento em disse ‘estou aí, pode contar comigo’. Se fosse também o Botafogo ou se fosse o Fluminense também não teria problema e ainda mais ele [Roberto Dinamite], pelo relacionamento que a gente passou a ter”, disse Zico.

 

Ficha técnica da partida

Vasco 0 x 2 La Coruña

Data: Quarta-Feira, 24 de Marco de 1993
Local: Estádio Mario Filho “Maracanã”, no Rio de Janeiro/RJ
Público: 28.926 pagantes – Renda: CR$ 2.780.250.000,00
Árbitro: Jose Roberto Wright (RJ)

Vasco: Carlos Germano; Pimentel, jorge Luís, Tinho e Cássio; Luisinho, Leandro Ávila, Zico (Geovani, intervalo) e Roberto Dinamite (Valdir, 33 minutos dos 2º tempo); Bismarck e William. T.: Joel Santana

La Coruña: Liaño (Yosu), Djukic, Albistegui (Savin), Ribera e José Ramón; Mauro Silva, Nando, Hoyas e Marcos (Ramón); Fran e Bebeto (Antônio). T.: Arsenio Iglesias

Foto: Internet/Facebook