Atlético-MG pega o Atlas no México, Marcos Rocha é dúvida

Hoje o Atlético e Atlas se enfrentam no México, em partida válida pela segunda rodada do returno, da fase de grupos, da Taça Libertadores da América. O time de Belo Horizonte é o terceiro colocado com seis pontos, já os mexicanos ocupam a última colocação no Grupo 1, com apenas 3 pontos somados, conquistados exatamente sobre o Galo, na vitória por 1 a 0 imposta sobre o alvinegro no estádio Independência.

Segundo o jornal O Tempo, os mineiros fizeram ontem o reconhecimento do gramado com uma ausência importante, o lateral Marcos Rocha deixou o gramado foi substituído no segundo tempo do jogo contra o Cruzeiro, após uma entorse no tornozelo direito e enquanto os companheiros faziam um trabalho de dois toques, ele realizava um tratamento para colocá-lo em condições de estar em campo na partida que vale a vida do Galo na competição continental. Em compensação o time terá o retorno do atacante Lucas Pratto, que foi poupado pelo técnico Levir Culpi, no clássico do último final de semana, Leandro Donizete também volta ao time, após cumprir suspensão no embate diante da Raposa, o jogador foi expulso no jogo contra o Tombense, válido pelo estadual.

A torcida deve secar os dois concorrentes diretos à vaga nas oitavas, Santa Fé (COL) e Colo-Colo (CHI), que também se enfrentam hoje, um empate entre as duas equipes seria o resultado ideal, para que o time brasileiro ainda possa alcançar a liderança do grupo na última rodada, caso vença o time chileno, no Horto.

A partida será disputada às 22h, no estádio Jalisco, na cidade de Guadalajara. Local histórico para o futebol brasileiro, pois foi lá que em 1970 o Brasil conquistou o seu terceiro título do mundia da FIFA, em uma final dificílima contra a seleção Italiana, que enfrentou uma das melhores – se não a melhor – seleções brasileiras de todos os tempos, um time que contava com craques como Tostão, Jairzinho e Pelé.

Foto: Bruno Cantini