Botafogo vence o Botafogo-PB e mantém vivo o sonho da Libertadores; Veja os gols

Foto: Vitor Silva / SSPress

Dizer o que de uma equipe que vence o primeiro turno do seu campeonato estadual e, diante de uma equipe de menor expressão, vence por 4 a 2? Seja lá o que se passe pela sua cabeça, o fato é que esse foi o caso do Botafogo na noite desta quarta-feira (15) que, com esse resultado, garantiu uma vaga na segunda fase da Copa do Brasil e manteve vivo o sonho da Libertadores.

LEIA MAIS:
Botafogo “ganha” o direito de jogar o clássico no estádio Nilton Santos
CBF é quem ganha mais dinheiro com o futebol brasileiro; Veja o ranking

Fácil não foi, porém, o que é fácil para o Botafogo? Se formos pensar em termos estatísticos, o Glorioso foi superior, teve mais posse de bola (52%) e mais finalização a gol (24), porém, o seu adversário esteve mais vezes perto do gol defendido por Renan, como nos mostra o mapa de movimentação abaixo:

Mapa de calor

Isso explica o fato de Bill e Tomas, ainda no primeiro tempo, terem colocado o Botafogo em vantagem com um placar favorável de 2 a 0. Mas isso não significa que a equipe paraibana estivesse mal, pois Renan vinha tendo bastante trabalho com o lateral Cazumba. Tanto que, aos 47, Gustavo descontou.

Willian Arão ampliou na segunda etapa, mas, pouco tempo depois, Aírton conseguiu descontar e deu tons de dramaticidade ao duelo que só se tranquilizou novamente quando, aos 42, Sassá deu números finais à partida.

Veja os gols:

 

BOTAFOGO 4 X 2 BOTAFOGO-PB

FICHA TÉCNICA

Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 15/4/2015 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Renda e público: R$ 70.720,00/ 4.118 pagantes
Cartões amarelos: Tomas, Elvis, Diego Giaretta (BOT); Hércules, Rafael Oliveira, Guto (BOT-PB)
Gols: Bill 15’/1°T (1-0), Tomas 33’/1°T (2-0), Gustavo 47’/1°T (2-1), Willian Arão 26’/2°T (3-1), Aírton 34’/2°T (3-2), Sassá 44’/2°T (4-2)

BOTAFOGO: Renan, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Alisson, Carleto; Diego Giaretta, Willian Arão, Tomas (Sassá 16’/2°T) , Elvis (Fernades 24’/2°T), Jobson (Rodrigo Pimpão/ intervalo); Bill. TÉC: René Simões

BOTAFOGO-PB: Genivaldo, Gustavo, Carlinhos Rech, Roberto Dias, Alex Cazumba (Aírton 17’/2°T); Zaqueu, Hércules, Guto, Doda (Bismarck 36’/2°T); André Cassaco (Juninho 33’/2°T) e Rafael Oliveira. TÉC: Marcelo Vilar.

Foto: Botafogo/Divulgação