Cacaio sobre a saída de Caça-Rato: “O Remo não é refém de ninguém”

O jogador Flávio Caça-Rato se desligou da equipe do Remo, nesta quarta-feira (1), e o técnico Cacaio avaliou sua saída como normal. O treinador disse que os atletas que permanecerem no clube são os que estão comprometidos com a recuperação do Leão.

LEIA MAIS

Santos acerta dois patrocínios pontuais para o clássico

“Tive menos de quatro horas de contato com ele (Caça-Rato). A gente fica triste com isso, mas também entende a situação do jogador. Se ele tem uma coisa melhor, que siga seu caminho. O Remo é muito grande e não pode ficar refém de ninguém, nem do Cacaio. É hora de unir as forças, mas como? Aqueles que estão com vontade de tirar o Remo dessa situação, que fiquem no barco, quem não quiser, que pule enquanto é tempo”, disse o treinador.

Cacaio chegou ao Remo na última terça-feira, após se desligar do Cametá.



Jornalista com passagens pela Rádio K (Goiânia) e sites Portal MF e PlanetaSportivo. Atualmente é Apresentador e Comentarista da Rádio RDG Esportes (www.rdgesportes.com.br) e editor de esportes do Jornal O Regional.