Cinco motivos para acreditar na vitória do Corinthians sobre o Danubio

Corinthians e Danubio-URU se enfrentam na noite desta quarta-feira (22h), na Arena, em partida válida pela quarta rodada da Copa Libertadores. Líder do grupo 2, com nove pontos ganhos, o Timão garante a classificação antecipada às oitavas de final da competição se cumprir o dever de casa contra o lanterna e o San Lorenzo não derrotar o São Paulo mais cedo (19h15), em Buenos Aires.

LEIA MAIS:
Com lesão, Danilo não pega o Danubio; confira a lista de relacionados por Tite
Arena Corinthians terá painéis de LED funcionando pela primeira vez nesta quarta

Confira abaixo cinco motivos para acreditar na vitória sobre os uruguaios:

1 – Longa invencibilidade como mandante na Copa Libertadores – Desde a partida de volta contra o River Plate pelas oitavas de final da Copa Libertadores de 2006, o Corinthians não é derrotado como mandante. Desde então, o Timão disputou 18 jogos seja no Pacaembu (antiga casa) ou na Arena Corinthians (2 jogos em 2015), com 15 vitórias e três empates.

2 – 100% de aproveitamento no primeiro turno do grupo da morte – Esperava-se que o alvinegro tivesse mais dificuldades nos primeiros jogos do chamado grupo da morte, porém, surpreendeu a todos vencendo com propriedade o São Paulo (casa), San Lorenzo (fora) e Danubio (fora)

3 – Ataque mais positivo x pior defesa – Será o encontro do ataque mais positivo do grupo 2 (5 gols marcados) contra a pior defesa (8 gols sofridos). Na Arena Corinthians, contando o duelo contra o Once Caldas pela fase preliminar, o Timão balançou as redes em seis oportunidades. As chances de imprimir uma goleada são grandes.

4 – Tite – O Timão tem o privilégio de contar com o melhor treinador brasileiro em atividade. Ninguém conhece tão bem o elenco quanto Tite. Assim como em 2012, montou um time competitivo: forte na defesa, mas dessa vez mais ofensivo.

5 – Arena Corinthians – O Corinthians ostenta longa invencibilidade em sua casa. Desde a inauguração em maio de 2014, contra o Figueirense, a equipe não sente o gosto amargo da derrota. Até então foram disputados 27 jogos no estádio, com 21 vitórias e seis empates. O excelente retrospecto na Arena de Itaquera  em Itaquera deixa o time paulista na ponta do ranking dos 12 grandes clubes brasileiros que mandam seus jogos em novos ou reformados estádios.

crédito foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)