Cinco motivos para apostar em James Harden como MVP na NBA

A temporada regular da NBA acabou, mas não o debate sobre quem é o MVP (jogador mais valioso) do campeonato. James Harden e Stephen Curry polarizam uma das disputas mais equilibradas dos últimos anos. Eliminado, Russell Westbrook parece ter ficado para trás. Até LeBron James e Anthony Davis chegaram a ser lembrados na disputa pelo tradicional prêmio.

LEIA MAIS

Estrelas da NBA que estarão no mercado ao final da temporada

Confira uma lista com cinco argumentos a favor de Harden

1 – JOGA TODAS: Em comparação com seus concorrentes, Harden tem uma participação mais consistente no campeonato. O ala-armador do Houston Rockets particiou de 81 dos 82 jogos de seu time e esteve em quadra mais vezes do que outros favoritos ao prêmio de MVP.

Além de tor jogado quase todas as partidas, Harden é o segundo na liga com a maior média de minutos em quadra. Tal fato faz seu desempenho ser ainda mais valioso: manter a média de 27,4 pontos (segunda mais alta da NBA em 2015) com tanto tempo em ação é o que fez a diferença para o Rockets.

2 – TÍTULO EM UMA DIVISÃO COMPLICADA: Só há uma divisão na NBA que foi capaz de classificar todos os seus times para os playoffs: A Southwest tem todos suas equipes na fase decisiva. Além disso, é a divisão do atual campeão San Antonio Spurs. Em meio a tanto equilíbrio, foi o Rockets que terminou com a melhor campanha: foram 56 vitórias, uma a mais do que Memphis Grizzlies e o Spurs.

3 – O IMPACTO OFENSIVO: Se Harden ficasse em quadra os 48 minutos de uma partida, suas médias seriam as seguintes: 35,7 pontos, 9,0 assistências e 7,3 rebotes. Mas o ala-armador não pode ficar em quadra todo o tempo. Quando ele está fora, o Rockets vê sua produção ofensiva cair ao ponto de ser o quarto pior time da NBA.

4 – JOGA BEM FORA DE CASA: Harden não vê problemas em jogar longe do Toyota Center. Quando atua como visitante, o jogador do Rockets consegue manter o mesmo desempenho em pontos. Sua média de rebotes e assistências são bem próximas do que seu desempenho em Houston.

5 – DECISIVO: Além de não sentir a pressão de jogar fora de casa, Harden também não se incomoda em chamar a responsabilidade nos momentos decisivos. Em comparação com Westbrook, Curry e LeBron, o jogador do Rockets tem aproveitamento melhor nos arremessos nos dois minutos finais de partidas decididas por menos de cinco pontos: 32,7%, 42,9%, 37,9%, respectivamente, contra 45,5% de Harden.



Profissional formado em Jornalismo, com pós-graduação em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte. Experiência em web-jornalismo e hard news. Bom desenvolvimento de pautas, notas, especiais e grandes reportagens para impressos. Amplo conhecimento do mundo esportivo e de diversas modalidades.