Cinco motivos para apostar em Stephen Curry como MVP

A temporada regular da NBA acabou, mas não o debate sobre quem é o MVP (jogador mais valioso) do campeonato. James Harden e Stephen Curry polarizam uma das disputas mais equilibradas dos últimos anos. Eliminado, Russell Westbrook parece ter ficado para trás. Até LeBron James e Anthony Davis chegaram a ser lembrados na disputa pelo tradicional prêmio.

LEIA MAIS

Cinco motivos para apostar em James Harden como MVP

Estrelas da NBA que estarão no mercado ao final da temporada

Confira uma lista com cinco argumentos a favor de Curry

1 – COMANDOU O MELHOR TIME DA NBA: O Golden State Warriors empolgou os fãs de basquete nesta temporada com um estilo de jogo criativo, com muita velocidade, habilidade e precisão nos arremessos. Curry foi o símbolo do bom desempenho da equipe californiana. Com a ótima média de 23,8 pontos e 7,7 assistências, o jovem armador manteve o time de Oakland sempre no topo da tabela da Conferência Oeste.

2 – MÁQUINA DE ARREMESSOS DE TRÊS PONTOS: Curry quebrou o recorde de arremessos certeiros de três pontos que já era dele. Foram 286 acertos em tentativas desse tipo. Em 80 jogos na temporada, o jogador conseguiu manter o ótimo aproveitamento de 44%.

3 – FAZ OS COMPANHEIROS JOGAREM MELHOR: Curry fez nesta temporada o que se espera de uma estrela: conseguiu fazer outros jogadores melhorarem seus desempenhos. Com o jovem armador no comando das ações, Klay Thompson se tornou um “all-star”, Dryamond Green e Marresse Speights passaram a brigar por prêmios individuais como melhor defensor e melhor reserva.

4 – VENCEU OS CONCORRENTES: Harden é o principal rival de Curry na briga pelo prêmio de MVP. Nos quatro encontros entre eles, o Warriors bateu o Rockets em todas as oportunidades. Contra o Thunder de Westbrook foram três triunfos e uma derrota.

5 – JOGADAS BONITAS: Se tem uma coisa que Stephen Curry fez em 2014/15 foi jogar bonito. O armador do Warriors colecionou uma série de jogadas que fizeram sucesso na internet pela beleza plástica. A mais emblemática delas aconteceu em cima de Chris Paul. A estrela do Los Angeles Clippers nem sequer conseguiu ficar em pé após ser driblado pelo astro do Golden State.



Profissional formado em Jornalismo, com pós-graduação em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte. Experiência em web-jornalismo e hard news. Bom desenvolvimento de pautas, notas, especiais e grandes reportagens para impressos. Amplo conhecimento do mundo esportivo e de diversas modalidades.