Clubes italianos recusam fazer investida em atacante do Corinthians

De acordo com a coluna Painel FC, da Folha de São Paulo, clubes da Itália recusam fazer uma investida no centroavante Paolo Guerrero, do Corinthians. Equipes italianas que chegaram a ser procurados pelos empresários do peruano, rechaçaram investir US$ 7 milhões no atleta alvinegro.

LEIA MAIS:
Guerrero segue sem previsão de alta, segundo novo boletim médico

Os clubes do exterior alegam que o camisa 9 do Corinthians ficará livre no meio do ano, não fariam sentido pagar uma alta quantia por causa de uma assinatura de contrato. Ainda mais pelo atleta já estar com 31 anos de idade.

Outros empecilhos, que são alegados pelos dirigentes de clubes do exterior que não estão acostumados em bancar altos valores em luvas para contratar jogadores em pré-contrato. No entanto, o trunfo deles seria comprar os direitos econômicos do camisa 9.

A renovação do atleta peruano, já se arrasta desde o início do ano e o principal empecilho é o alto valor que o jogador e seus empresários pedem em luvas para estender o vínculo. Uma vez, que o próprio jogador demonstrou interesse em renovar com o clube paulista.

O jogador alega que no Brasil atuaria só no Corinthians, por respeito ao clube e também a torcida corintiana que respeitam o atleta e identificação pelo camisa 9 do clube. A tendência, que até o término da Libertadores da América a situação será resolvida.

Foto: Getty Images



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com