CNN critica condições da baía de Guanabara em sua conta no Twitter

Na tarde de ontem, em sua conta no Twitter, a emissora norte-americana CNN criticou as condições da baía de Guanabara. O twitter se referia as dezenas de peixes mortos na lagoa olímpica.

LEIA MAIS:
Comitê Organizador Rio 2016 fecha patrocínio com a Microsoft para criação do portal oficial dos Jogos Rio 2016
Teliana Pereira conquista o maior título da carreira na Colômbia

A CNN citou que a grande má notícia para o Rio de Janeiro antes dos Jogos Olímpicos de 2016 continua vindo da baía de Guanabara, onde dezenas de peixes mortos apareceram na lagoa Rodrigo de Freitas.

Faltando pouco mais de um ano para a cidade abrigar competições de remo e canoagem dos Jogos Olímpicos, a Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro lançou segunda-feira uma investigação sobre as causas das mortes dos peixes, tanto na raia e em outros lagos e baías do estado em que ocorreu este fenômeno.
O grupo vai trabalhar em parceria com o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente.

Autoridades defenderam a crença de que as últimas chuvas causou uma mudança de temperatura da água e o excesso de matéria orgânica em decomposição, o que teria conduzido a falta de oxigênio, que teria causado a morte dos peixes.

A nota divulgada por funcionários destacou que a quantidade de peixes mortos gerou um mau cheiro e transtornos para aqueles que vivem perto da lagoa e todos os turistas que migram para a área.

Na semana passada, metragem recém-obtida do jornal O Globo mostrou um marinheiro colidir com o lixo que flutuava na Baía de Guanabara. O incidente ocorreu em 14 de fevereiro e envolveu os velejadores profissionais Breno Osthoff, 20, e Rafael de Almeida Sampaio, 35. Segundo Osthoff, o impacto foi tão grande que o barco foi forçado para o lado.

O Rio de Janeiro se comprometeu a reduzir a poluição na baía notoriamente fétido, mas no mês passado em uma entrevista ao o maior canal de esportes do Brasil, o prefeito Eduardo Paes admitiu que a baía permanecerá poluída durante os Jogos.

“As Olimpíadas ocorrerão em um período de pouca chuva na cidade, então esta quantidade de detritos que vem de cinco municípios da região metropolitana, com a falta de saneamento, também é controlável … eu não vejo como um problema para os Jogos Olímpicos, disse Paes.

Biólogos disseram que a baía contém uma superbactéria que é resistente a antibióticos e pode causar doenças urinárias, gastrointestinais e infecções pulmonares.

Até o momento 424 pessoas de todo o mundo retwetaram a notícia e 179 favoritaram. Pedidos de desculpas, criticas aos governantes, reclamações e sentimentos de vergonha fazem parte dos comentários.

Foto: Reprodução/Twitter



Sou um apaixonado por esportes olímpicos!