Com empate do Timão, Boca assegura 1º lugar geral e encara River nas oitavas

O Boca Juniors completou, nessa quinta-feira, uma primeira fase perfeita na Libertadores ao vencer os chilenos do Palestino por 2 a 0 em Buenos Aires pela última rodada do Grupo 5. Com o resultado, os argentinos chegaram a 18 pontos, mantendo 100% de aproveitamento e a melhor campanha na era moderna do torneio, de 2000 para cá. Para completar a festa dos torcedores que lotaram o estádio La Bombonera, o time xeneize assegurou o clássico com o River Plate nas oitavas de final.

LEIA MAIS
Vagner Love joga mal e torcida do Corinthians corneta o atacante nas redes sociais

O Corinthians ainda tinha uma remota chance de roubar a primeira posição geral dos argentinos, mas teria que vencer os dois próximos jogos com uma margem alta no placar. Porém qualquer esperança brasileira terminou nessa quinta-feira com o empate de 0 a 0 com o San Lorenzo em Itaquera, que faz o time de Tite chegar aos 13 pontos. Mesmo que vença o São Paulo na próxima semana, só poderia alcançar, no máximo, os 16.

O Boca começou o jogo recheado de reservas já que estava classificado para a próxima fase e briga pela liderança do Campeonato Argentino. O Palestino ainda brigava para se classificar, mas viu as chances sumirem de vez aos 44 minutos da etapa final, quando Leandro Marín marcou de cabeça para os donos da casa. Num contra-ataque, Jonathan Calleri encerrou os trabalhos aos 55 minutos.

A segunda vaga da chave 5 ficou com o Montevideu Wanderers, do Uruguai, que venceu os venezuelanos do Zamora por 3 a 0, fora de casa, e terminou a primeira fase com 10 pontos.

Por enquanto, o Timão é o terceiro melhor colocado na classificação geral, atrás do Boca e do Tigres, do México, que venceu os peruanos do Juan Aurich na última rodada do Grupo 6 e foi aos 14 pontos. Com sete pontos conquistados na chave dos mexicanos, o River Plate já tinha sido confirmado como o pior segundo colocado. Consequentemente, cruza com o melhor da competição, ou seja, o arquirrival.

No mata-mata, o Boca Juniors buscará uma revanche contra o adversário, já que os Millonarios levaram a melhor na semifinal da Copa Sul-Americana do ano passado. A primeira partida será no Monumental de Nuñez, casa do River, e o jogo de volta em La Bombonera, ainda sem data e horário definidos pela Conmebol. Por ter sido o melhor da fase de grupos, o time de Lodeiro e Osvaldo tem a vantagem de decidir em casa até uma possível final.

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.

Foto: Divulgação



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.