Confira os confrontos dos playoffs da NBA

Foram 82 jogos para cada um dos 32 times em mais cinco meses de disputa. Mas a fase de classificação da NBA finalmente terminou. Brooklyn Nets e New Orleans Pelicans foram os vencedores do último dia da temporada regular e ficaram com as vagas restantes para os playoffs. Com isso, os confrontos de mata-mata do basquete norte-americano estão definidos.

LEIA MAIS

Opinião: times que decepcionaram na temporada

Nets e Pelicans ficam com as últimas vagas nos playoffs

Saiba tudo sobre basquete no Torcedores.com

Saiba quem enfrenta quem nos playoffs da NBA

CONFERÊNCIA LESTE

[1] ATLANTA HAWKS x [8] BROOKLYN NETS: O Raptors subiu de 48 vitórias em 2014 para 60 em 2015. O salto de qualidade fez a equipe treinada por Mike Budenholzer ficar com a melhor campanha da Conferência Leste e cravar seu maior número de vitórias na história: 60. Já o Nets entra nos playoffs com registro negativo: 38 triunfos e 44 derrotas.

Embora o favoritismo seja amplo do Hawks, o Nets teve desempenho melhor nos últimos dez jogos: foram seis resultados positivos contra cinco do time de Atlanta. Contudo, o Hawks levou a melhor sobre o rival de Brooklyn nos quatro encontros entre eles na temporada regular.

Por ter campanha melhor, o Hawks fará quatro dos possíveis sete jogos em seu ginásio.

[2] CLEVELAND CAVALIERS x [7] BOSTON CELTICS: LeBron James voltou e recolocou o Cavaliers nos playoffs após quatro anos de ausência do time de Ohio. Apesar do começo irregular na temporada, o time de Cleveland embalou na segunda metade da competição e terminou com a boa campanha de 53 vitórias. Do outro lado da quadra, estará o Celtics. O maior campeão da NBA volta à pós-temporada, mas com registro negativo: 40 triunfos e 42 tropeços.

Cavaliers e Celtics têm em comum o bom desempenho na segunda metade do campeonato. Durante a temporada, as equipes se enfrentaram quatro vezes, com duas vitórias para cada lado. Apesar do equilíbrio, o Cleveland surge como favorito para o confronto.

Por ter campanha melhor, o Cavaliers fará quatro dos possíveis sete jogos em seu ginásio.

[3] CHICAGO BULLS x [6] MILWAUKEE BUCKS: é possível dizer que Bulls e Bucks superaram as expectativas. Mais uma vez com Derrick Rose limitado a número reduzido de jogos por conta de lesões, o time de Chicago se superou e venceu 50 jogos, ficou com o terceiro lugar do Leste e vai aos playoffs pela sétima vez consecutiva. Já o Milwaukee contou com o bom trabalho do treinador Jason Kidd, que tirou o melhor do seu elenco jovem.

As duas equipes se enfrentaram quatro vezes ao longo da temporada. O Bulls levou a melhor em três oportunidades. O favoritismo na série é da equipe de Chicago, que poderá contar com Rose novamente.

Por ter campanha melhor, o Bulls fará quatro dos possíveis sete jogos em seu ginásio.

[4] TORONTO RAPTORS x [5] WASHINGTON WIZARDS: A série entre Raptors e Wizards tem tudo para ser a mais equilibrada do Leste. As duas equipes fizeram campanhas parecidas (49 e 46 vitórias respectivamente) e se alternaram na briga pelas primeiras colocações da conferência.

Embora seja complicado apontar um favorito neste confronto, os encontros da temporada regular apontam para uma vantagem do time canadense. O Raptors levou a melhor nos três jogos da fase de classificação. Além disso, o Toronto fará quatro dos possíveis sete jogos em seu ginásio.

CONFERÊNCIA OESTE:

[1] GOLDEN STATE WARRIORS x [8] NEW ORLEANS PELICANS: Ao contrário do que acontece no Leste, não há classificados para os playoffs com campanhas negativa no Oeste. Ou seja, o Pelicans pode ser uma ameaça para o favoritismo do Warriors. O time de Golden State foi o melhor da temporada regular e fechou com 67 vitórias, 22 a mais do que rival de New Orleans.

Tido como favorito ao título, o Warriors terá de lidar com o favoritismo durante todo o playoff. É preciso ver como o jovem (e candidato a MVP) Stephen Curry lidará com a situação. Sem pressão, o Pelicans terá de fazer melhor do que fez na temporada regular, quando perdeu três dos quatro encontros com o Golden State.

Por ter campanha melhor, o Warriors fará quatro dos possíveis sete jogos em seu ginásio.

[2] HOUSTON ROCKETS x [7] DALLAS MAVERICKS: No encontro do segundo com o sétimo colocado em que o melhor classificado tem seis vitórias a mais (56-50), poderia haver um favorito claro. Mas não é assim no clássico texano. O Rockets esteve sempre bem na tabela e melhorou sua posição no último dia. No entanto, ter do outro lado da quadra nomes como Dirk Nowitzki, Monta Ellis e Rajon Rondo pode ser perigoso.

O Rockets, que conta conta com o candidato a MVP James Harden, venceu três dos quatro jogos que fez com o Mavericks na temporada. No entanto, nenhum dos encontros foi decidido por uma margem superior a sete pontos.

Por ter campanha melhor, o Rockets fará quatro dos possíveis sete jogos em seu ginásio.

[3] LOS ANGELES CLIPPERS x [6] SAN ANTONIO SPURS: em séries de 3ºx6º, é possível dizer na imensa maioria dos casos que o melhor colocado é favorito. Mas o Clippers deu azar desta vez. Enfrentar o Spurs logo na primeira rodada dos playoffs certamente é algo que o time angelino não planejava. As campanhas foram bastante parecidas entre eles: 56 vitórias para o Clippers e 55 para o San Antonio.

A arrancada do Spurs na segunda metade da temporada faz com que o atual campeão da NBA entre como favorito, mesmo não tendo o mando de quadra. Durante a fase de classificação, aconteceram quatro encontros com duas vitórias para cada lado. No entanto, o San Antonio venceu os dois últimos.

O Rockets, que conta conta com o candidato a MVP James Harden, venceu três dos quatro jogos que fez com o Mavericks na temporada. No entanto, nenhum dos encontros foi decidido por uma margem superior a sete pontos.

Por ter campanha melhor, o Clippers fará quatro dos possíveis sete jogos em seu ginásio.

[4] PORTLAND TRAIL BLAZERS x [5] MEMPHIS GRIZZLIES: A série entre Blazers e Grizzlies revela uma curiosidade do regulamento da NBA. Mesmo tendo campanha pior (51-55 em vitórias), o Portland tem o mando de quadra no confronto. Isso acontece por que a equipe venceu sua divisão e com isso assegurou uma das quatro primeiras posições da conferência.

Além da campanha inferior, o Blazers teve pesadelos com o Grizzlies ao longo da temporada. O time de Memphis venceu os quatro encontros entre eles na competição.

Por ter sido campeão de sua divisão, o Blazers fará quatro dos possíveis sete jogos em seu ginásio.

 

Crédito da foto: Divulgação



Profissional formado em Jornalismo, com pós-graduação em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte. Experiência em web-jornalismo e hard news. Bom desenvolvimento de pautas, notas, especiais e grandes reportagens para impressos. Amplo conhecimento do mundo esportivo e de diversas modalidades.