Conheça a geração de garotos em que o Inter vai apostar suas fichas em 2015

Divulgação

Quando o Brasil levou 7 a 1 da Alemanha, na Copa, muitos problemas foram levantados para explicar o vexame. Um dos mais repetidos foi a suposta falta de atenção que os clubes brasileiros dão às duas categorias de base, principalmente com relação à conceitos táticos, cada vez mais importantes no futebol moderno.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Inter próximo de prorrogar empréstimo de jogador do São Paulo
Tempo de contrato emperra renovação de Alex no Inter

Entretanto, na prática, o que se vê é um cenário não muito condizente com esse discurso, já que boa parte dos clubes ditos grandes, criticados naquela época, têm em seus elencos muitos garotos de suas categorias de base, boa parte deles ajudando suas equipes de forma efetiva, e não apenas como “quebra-galhos”.

O Inter é um dos maiores exemplos disso. Apenas nesta temporada de 2015, o plantel que Diego Aguirre tem à disposição conta com 14 jogadores jovens, sendo 11 deles revelados nas categorias de base do Colorado, sem contar Nilmar, que já não é mais tão jovem, mas também iniciou sua carreira na base do clube. Eles representam nada mais, nada menos, que 41% dos jogadores do elenco, um número muito significativo.

Conheça todos eles:



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...