Destaque da seleção italiana nos últimos amistosos, Éder explica opção pela Azzurra

Nascido na cidade de Lauro Müller, em Santa Catarina, o atacante Éder atuou pelo Criciúma no Brasil, mas foi na Sampdoria, da Itália, que acabou se destacando.

Diante das boas atuações, Éder chamou a atenção de Dunga, que pensou em convocá-lo para a Seleção Brasileira, mas foi Antonio Conte quem agiu e chamou o atacante para atuar pela Itália.

“Eu já tinha escutado e alguém até já tinha comentado com os meus empresários que eu poderia estar sendo observado pelo Brasil, mas eu não tive nem vontade de esperar e se eu fosse chamado também não sei. A minha opção foi a Itália”, afirmou o atacante ao site globoesporte.com.

LEIA MAIS

Jornal inglês revela os sete alvos do Arsenal para a próxima temporada

Antes de chegar à Sampodoria em 2012, Éder atuou primeiramente pelo Frosinone e depois por Empoli, Brescia e Cesena.

“Eu acho que saí muito novo do Brasil, e o meu futebol hoje é mais adaptado ao estilo do futebol daqui do que do brasileiro. Quando eu volto para o Brasil e assisto a alguns jogos do Brasileirão, eu falo: ‘não sei não se iria conseguir jogar aqui no Brasil’, é muito diferente, é muito menos tático. Acho que, pelo meu estilo, eu posso dar muito mais à seleção italiana do que no futebol brasileiro”, concluiu o ítalo-brasileiro.

Nesta temporada, Éder disputou 26 partidas pela Sampdoria e marcou nove gols.

(Foto: Getty Images)



Jornalista com passagens pela Rádio K (Goiânia) e sites Portal MF e PlanetaSportivo. Atualmente é Apresentador e Comentarista da Rádio RDG Esportes (www.rdgesportes.com.br) e editor de esportes do Jornal O Regional.