Em rede social, Paulo André ataca federações de SP, RJ e MG

Divulgação

O zagueiro Paulo André, atualmente no Cruzeiro, e membro ativo do Bom Senso F.C, que luta por melhorias no futebol brasileiro, se posicionou de forma contundente, mais uma vez, contra dirigentes de federações de futebol, no Facebook, e prometeu que irá fazer denúncias formais ao Ministério Público do Trabalho, a respeito de abusos cometidos pelas autoridades que mandam em nosso futebol.

LEIA MAIS:
Huracán x Cruzeiro: saiba o que está em jogo!
Sem Valdívia, presidente do Cruzeiro descarta a contratação de uma meia para a Libertadores

As insatisfações de Paulo André são contra três federações de futebol em especial: a carioca, a paulista e a mineira. No texto postado em sua página na rede social, o jogador criticou as “trapalhadas” da FERJ na organização do Campeonato Carioca, o patrocínio aos árbitros, autorizado pela FPF para os jogos das semifinais do Paulistão e a atitude da FMF em colocar o clássico das semifinais do Campeonato Mineiro apenas dois dias antes do jogo do Cruzeiro contra o Huracán-ARG, na Libertadores.

O zagueiro disse que os três fatos mostram que chegou o momento de os clubes romperem com as federações, que segundo o zagueiro são “sanguessugas, que servem apenas de cartório para o registro dos jogadores e dos clubes”. Ele também questionou a CBF, que diz estar do lado dos clubes, mas se omite com relação aos descasos cometidos pelas federações contra eles.

Paulo André está junto com a delegação do Cruzeiro, na Argentina, onde a equipe enfrenta esta noite o Huracán, pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. A partida será a segunda que a equipe Celeste fará em um período de pouco mais de 48 horas, algo que gera um desgaste físico muito grande e é prejudicial à saúde do atleta em longo prazo.

Confira na íntegra a postagem de Paulo André:

Foco total na partida de hoje e na busca pela classificação do time. Os problemas de amanhã, deixaremos para resolver…

Posted by Paulo André on Terça, 14 de abril de 2015

Foto: Divulgação / EC Cruzeiro



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...