Emerson Sheik reencontrará rival que mordeu na final da Libertadores

Emerson Sheik

Enfim chegou o grande dia. Se na primeira oportunidade Emerson Sheik não jogou por estar machucado, nesta quarta-feira o corintiano irá reencontrar o seu antigo desafeto. Trata-se de Caruzzo. O argentino e o camisa 11 se estranharam no segundo jogo da Libertadores de 2012 em que o Timão se sagrou campeão, onde o alvinegro deu uma mordida no defensor.

LEIA MAIS
San Lorenzo se deu mal na última visita ao Corinthians; relembre
Arena Corinthians terá recorde de público contra o San Lorenzo

Emerson Sheik está confirmado pelo técnico Tite e provavelmente irá entrar entre com os 11 iniciais, na Arena Corinthians na partida de logo mais. Matías Caruzzo fez o reconhecimento do palco do duelo na noite desta quarta-feira como titular e está na provável escalação do San Lorenzo.

O confronto por parte do Sheik, promete ser de “sem amizade”. Isso porque o atacante do Timão já declarou que não pretende fazer as pazes. Em entrevista ao SporTV, há um mês, ele afirmou isso e em suas palavras, disse que o argentino “tá f…”.

Já no caso de Caruzzo, irá parecer um jogo onde ele irá enfrentar pela primeira vez Emerson Sheik. O motivo é que ele não se lembra da mordida que o “herói” da Libertadores pelo Corinthians deu nele. O próprio zagueiro confirmou isso ao jornal Ciclon, antes do primeiro duelo entre as equipes.

“Não me recordo da mordida, mas sim de que perdi a final”, disse Matías Caruzzo.

O que promete esquentar o duelo desta quarta, é que Emerson atua pelo lado esquerdo do campo, ou seja, irá atuar do mesmo lado que Caruzzo costuma jogar. Vale ressaltar que o camisa 11 do Timão tem estilo provocador e um novo embate entre os dois poderá ocorrer.

* Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @robertojsjunior



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.