Estudiantes apresenta ex-jogador do Barcelona como novo técnico

Foto: Divulgação / Facebook oficial Estudiantes

Campeão do mundo em 2009 na Era Guardiola, Gabriel Milito assumiu o comando técnico do Estudiantes nesta quinta (16). “Quero formar uma equipe competitiva e o primeiro objetivo é classificar na Libertadores”, declarou o argentino ao site oficial do clube.

LEIA MAIS:
Boca Juniors vence, mantém 100% e pega River Plate nas oitavas; veja os gols
River Plate pretende renovar contrato de Gallardo até o fim de 2017

A definição dos confrontos das oitavas de final da Libertadores sai na próxima semana, após o fechamento da última rodada da segunda fase. Na terça (21), o Estudiantes enfrenta o Barcelona no Equador, enquanto Atletico Nacional-COL e Libertad-PAR jogam em Medellín. Os argentinos estão com 7 pontos, um a menos que os líderes do grupo.

“Agradeço pela oportunidade e espero passar ao grupo um pouco da minha experiência como jogador”, continuou Milito, que inicia sua carreira como treinador aos 34 anos.

Atual 16º colocado no Argentino, o Estudiantes encara na próxima rodada o Rosario Central, um dos líderes do campeonato. San Lorenzo, Boca Juniors e River Plate também ocupam o topo da tabela.

Gabriel Milito chegou ao Estudiantes com o aval do presidente Juan Sebastián Verón, com quem jogou na seleção argentina. “Vou trabalhar bastante para tentar retribuir à altura de um clube grande como esse”, finalizou o técnico.

Irmão do atacante Diego Milito, Gabriel jogou como zagueiro até 2012, quando encerrou a carreira por problemas físicos. Revelado pelo Independiente, também passou pelo Zaragoza, da Espanha, e pela seleção argentina.