Felipão elogia atuação, mas alerta para vantagem mínima: “Não dá segurança”

Técnico Felipão durante entrevista coletiva após o jogo contra o Juventude

O Grêmio deu um importante passo rumo à final do Campeonato Gaúcho. Na tarde desse domingo, a equipe bateu o Juventude por 1 a 0, no Alfredo Jaconi, e ficou a um empate de atingir o objetivo. Felipão elogiou seus comandados, mas pediu cautela ao elenco e citou uma derrota em 2008 para o mesmo adversário para alertar que ainda não há nada garantido.

LEIA MAIS: 
Juventude x Grêmio: assista ao gol da vitória gremista
Ramiro sente lesão e passará por exames para definir o tempo de parada

Há sete anos, o Tricolor venceu o jogo de ida por 2 a 1 em Caxias, porém na volta no estádio Olímpico, vacilou e foi derrotada por 3 a 2, sendo eliminada nas quartas de final do Estadual de 2008.

“O torcedor do Grêmio e meus jogadores precisam lembrar. Em 2008, venceu aqui no Jaconi e depois perdeu dentro do Olímpico. Ganhamos 90 minutos, mas não nos dá segurança. Fomos bem, tivemos solidariedade. Os jogadores se dedicaram. Mas respeitamos muito o Juventude”, explicou Felipão durante entrevista coletiva.

O treinador falou das qualidades do Juventude e citou que no confronto da primeira fase, na Arena, o adversário teve a melhor chance no empate sem gols.

“A vantagem é mínima. Se fosse 2 a 0, 3 a 0… Foi um jogo igual, difícil. Com poucas oportunidades. E assim será na Arena. Lá quem teve a melhor oportunidade foi o Juventude. E foi 0 a 0”,  completou o técnico.

O Grêmio se reapresenta na manhã desta segunda-feira no CT Luiz Carvalho e foca os seus preparativos para o duelo de volta da primeira fase da Copa do Brasil, contra o Campinense, na próxima quarta-feira, às 22h, na Arena. Na ida, em Campina Grande-PB, o Tricolor fez 2 a 1 e joga pelo empate para avançar.

A partida decisiva pela semifinal do Gauchão está marcada para o próximo sábado, na Arena.

crédito foto: Lucas Uebel/Site oficial do Grêmio



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)