Ferrari espera reduzir diferença para Mercedes no Bahrein

Segunda força da Fórmula 1 neste início de temporada, a Ferrari disputará o Grande Prêmio do Bahrein, que será disputado neste domingo (19), no circuito de Sakhir, pensando em diminuir ainda mais a diferença com relação a Mercedes. Após vencer com Sebastian Vettel a segunda etapa, disputada na Malásia, a equipe italiana tornou a ficar atrás dos pilotos do time alemão no GP da China.

“Este é outro final de semana em outra pista, com condições diferentes. Eu diria que nós podemos estar felizes com nossa temporada até agora, mas nós devemos buscar confirmações”, comenta Vettel, atual vice-líder do campeonato, com 55 pontos, 13 a menos em relação a Lewis Hamilton.

Sobre o clima, o tetracampeão mundial afirma que estará calor, mas não acredita que a temperatura da pista alcance mais que 60 graus centígrados, como ocorreu em Sepang. Vettel ainda acredita que a Ferrari tem conseguido em alguns momentos andar em um bom ritmo independente das condições encontradas.

“Estará quente, mas não como estava na Malásia, pois esta corrida acontece à noite. Em alguns casos, temos mostrado que nosso carro pode estar bom em condições de calor e frio, então nós esperamos continuar com esta tendência aqui”, segue o alemão, que coloca na conservação dos pneus a chave para um bom resultado. “Se nós pudermos conservar nossos pneus, poderemos colocar alguma pressão na equipe a nossa frente”.

“Até o momento, nós sabemos o quão forte está a Mercedes, eles tem um pacote aerodinâmico muito bom, mas nós também temos, então precisamos fazer com que essa diferença continue diminuindo. Tanto faz o que se passa com os pilotos da Mercedes, isso não nos afeta. Temos que cuidar de nós mesmos, o resto não está em nossas mãos”, concluiu o alemão.

Kimi Raikkonen, atual quinto colocado na tabela de pontos, com 24, destacou que o GP da China, disputado no último final de semana, foi o primeiro em que a Ferrari não enfrentou qualquer tipo de problema, mas que é necessário ao time italiano conseguir melhorar ainda mais seu desempenho.

“Na última corrida na China nós demos nosso máximo”, disse o piloto finlandês. “Foi a primeira corrida sem nenhum problema, mas obviamente nós queremos mais e continuaremos trabalhando para melhorar em todas as áreas. O time está trabalhando muito bem, este é um grupo sólido de pessoas que vão na mesma direção”, comentou.

O Grande Prêmio do Bahrein de Fórmula 1 acontece neste domingo, a partir das 12h.

Foto: Ferrari



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.