Filha de Muhammad Ali revela que ex-lutador torcerá para Pacquiao

A filha do ex-boxeador Muhammad Ali, Rasheda Ali, disse que o pai vai torcer para o filipino Manny Pacquiao na luta que o asiático fará contra o norte-americano Floyd Mayweather no próximo dia 2 de maio.

LEIA MAIS
Mayweather e Pacquiao se encaram antes de superluta

“Meu pai está no time Pacquiao até o fim. Ele realmente gosta do Manny. Ele é um enorme fã dele. Ele sabe que o Manny é um grande lutador, mas o que conta mais para ele o que cada um faz fora do ringue. Ele [Pacquiao] é uma pessoa muito caridosa”, disse Rasheda ao site “TMZ Sports”.

Ali, uma das maiores lendas do boxe em todos os tempos, não vai acompanhar o duelo entre Pacquiao e Mayweather no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas. “Não há dúvidas de que ele vá assistir em casa. Isso transporta meu pai para o tempo em que ele lutava”, contou a filha de Ali.

Aposentado dos ringues desde 1981, Ali ostentou enquanto profissional um cartel de 56 vitórias (37 nocautes) e 5 derrotas (um nocaute) em 61 combates lutando como peso-pesado. Sua luta mais famosa foi o nocaute aplicado em George Foreman, em 1974, no antigo Zaire. O duelo ficou conhecido como “Rumble in the Jungle”, ou a “Briga na Selva”. Aos 73 anos, Ali convive com o Mal de Parkinson desde os anos 1980.

O duelo entre Pacquiao e Mayweather é um dos mais aguardados nos últimos tempos do boxe. Chamado de “Luta pela Eternidade”, o combate colocará em jogo os cinturões do Conselho Mundial de Boxe, da Associação Mundial de Boxe (ambos de posse de Mayweather) e da Organização Mundial de Boxe (de Pacquiao) na categoria dos meio-médios (66kg).

Foto: Getty Images

* Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @matheusadami



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.