Flamengo prepara joias do sub-20 para um herdar a camisa 10

Atualmente o futebol brasileiro carece de jogadores ”Camisa 10”, estes que têm um estilo de jogo singular, onde a visão das jogadas é alinhada com a refinada técnica, capaz de  desequilibrar e definir partidas.

LEIA MAIS
A prioridade no Flamengo é a renovação do patrocínio com a Caixa
Mercado da Bola: Empresário garante avanço entre Armero e Flamengo

No Flamengo, esta carência não é diferente. A pressão em contratar ou revelar um meia articulador, habilidoso, não é fácil.
Porém, se analisarmos a equipe sub-20 rubro-negra jogando o Campeonato Carioca de sua categoria, teremos uma grata e satisfatória surpresa.

No atual time, o técnico José Ricardo forma sua equipe no moderno 4-2-3-1. Sua linha ofensiva com três meias possui dois jogadores de velocidade pelos flancos e um cadenciador, que rege sua equipe ao centro. Para esta posição, o Flamengo têm dois jogadores que vêm chamando a atenção: Jajá e Pedro Pires.

Essas duas joias da Gávea são o futuro “Camisa 10”, do Flamengo. Ambos são canhotos, inteligentes, criativos e carregam com eles a responsabilidade em municiar o ataque. Durante o Campeonato Carioca sub-20, José Ricardo reveza essas jovens promessas dando experiências e protegendo-os.

A incumbência de Jajá e Pedro Pires não será fácil, mas certamente seus inegáveis talentos darão conta e no futuro estarão nos profissionais mostrando suas singularidades e fortalecendo o lema rubro-negro: “craque o Flamengo faz em casa”.



Jornalista, fanático por futebol, qualquer tipo: botão, pebolim, virtual, várzea, categorias de base.