Guerrero segue sem previsão de alta, segundo novo boletim médico

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Ainda não podemos comemorar. De acordo com o boletim médico divulgado hoje pelo Hospital São Luiz do Morumbi, onde o craque Paolo Guerrero está, o camisa 9 segue internado e sem previsão de alta. Além disso, apesar das suspeitas, o caso de dengue não foi confirmado. De acordo com o boletim médico divulgado no fim da tarde de hoje, o jogador não tem previsão de alta e o caso de dengue só será confirmado após o resultado sorológico que costuma sair após 5 dias, antes disso pode dar o resultado de falso positivo. Portanto, para o clássico contra o Palmeiras, domingo, o Corinthians estará sem Paolo e sem Sheik.

Na manhã de hoje, o médico do Corinthians, Dr. Ivan Grava, confirmou o afastamento do peruano por, no mínimo 15 dias. No último sábado, antes do jogo contra a Ponte Preta, Paolo passou mal, foi internado e ficou de fora do duelo válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

Caso seja confirmada a dengue, Guerrero corre risco de ficar de fora de ação por um período de até 20 dias. Assim, o Corinthians ficaria sem seu principal atacante no restante do Paulista (a segunda partida da decisão será em 3 de maio).

Confira a íntegra do Boletim Médico:
O Hospital São Luiz, Unidade Morumbi, informa que o atacante do Corinthians, Paolo Guerrero, continua internado e passa bem. De acordo com as avaliações clínicas e laboratoriais realizadas diariamente apontam que o jogador está com Dengue, porém o diagnóstico só é determinado após a sorologia se positivar. No momento, não há previsão de alta.

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."