Montreal Impact e América do México decidem título da CONCACAF Champions League

O Montreal Impact está perto de fazer história. Muito perto. Hoje, as duas equipes se enfrentam no segundo jogo da final da CONCACAF Champions League. Com o resultado de 1×1 do primeiro jogo, o time do Canadá está a 90 minutos de distância de ser o primeiro time da MLS a participar do Mundial de Clubes da FIFA, em dezembro.

LEIA MAIS:
Confrontos da International Champions Cup já estão definidos; confira
Opinião: Campanha do Orlando City não deve ser motivo de preocupação
Brasileiro do NY Red Bulls marca sem querer e conquista empate contra o LA Galaxy

Exatamente 61.004 ingressos foram vendidos para a partida entre Montreal Impact e América do México, um recorde que será estabelecido pela torcida canadense no Olympic Stadium. Não é para menos. O Montreal Impact, que passa longe de estar entre as equipes mais baladas e populares da Major League Soccer, está a apenas 90 minutos de fazer história.

Torcedores, clubes rivais e a própria Liga, que já demonstraram seu apoio ao clube canadense na semana passada, continuam incentivando o Montreal que irá representar os países na final da competição intercontinental. Muito mais do que isso, caso o Montreal vença o América, representará, no Mundial de Clubes, todo o crescimento da MLS, sendo a primeira equipe profissional da Liga a viajar para o torneio.

Na semana passada, no Estádio Azteca, o Montreal Impact saiu na frente com gol marcado por Piatti, logo aos 15 minutos e por muito pouco não saiu do México com a vitória. Aos 89 minutos, os mandantes empataram a partida com Oribe Peralta, que esteve no Brasil com a Seleção Mexicana, na Copa do Mundo do ano passado.

O resultado provou que o Montreal pode jogar de igual para igual contra o América e que o segundo jogo em casa, com um placar favorável, pode significar o título inédito para a equipe da Major League Soccer.

Fato curioso para a partida foi o “empréstimo de emergência” do goleiro Kristian Nicht, do Indy Eleven, que disputa a NASL. Com a suspensão do titular Evan Bush, o Montreal buscou intensamente por um substituto a altura que pudesse trazer mais confiança do que as opções no banco de reservas. O goleiro alemão de 33 anos, porém, acabou sendo contratado em definitivo pela equipe canadense.

Confira os melhores momentos entre América 1 x 1 Montreal Impact, na semana passada:

Crédito da foto: Divulgação



Jornalista Esportivo formado pelo Mackenzie e pela UCLA com passagem pela Rádio Bandeirantes, fundador do perfil Arquivo do Futebol (@futebolarquivo) e jornalista do MLS Brasil. Escreve para o Torcedores.com desde 2014. Twitter: @paulogcanova