No Bahrein, Massa busca “espírito de 2008”

Getty Images

Em 2008, o brasileiro Felipe Massa quase foi campeão da Fórmula 1. O piloto da Ferrari perdeu o título para o inglês Lewis Hamilton, então na McLaren, na última volta do Grande Prêmio do Brasil. Foi por pouco, muito pouco. Passados sete anos, as coisas mudaram. Massa foi para a Williams e Hamilton, para a Mercedes. Mas o ano do quase título ainda inspira o brasileiro. E ele quer resgatar àquela temporada no domingo (19), quando acontece o Grande Prêmio do Bahrein.

“A única coisa que podemos dizer (de diferente) é que não estamos disputando o campeonato como em 2008. Naquele ano, talvez tivéssemos o melhor carro. E hoje nós somos a terceira força. Mas é bom ter essa sensação, me dá confiança extra”, falou Massa.

Mesmo sendo a terceira força, Massa faz um bom Mundial até aqui. E a Williams, que vem evoluindo desde o ano passado, mostra que pode fazer frente, pelo menos, à Ferrari. Tanto que o brasileiro está na frente do finlandês Kimi Raikkonen na classificação geral. Em 4º lugar, Massa só não é melhor que Hamilton e os alemães Sebastian Vettel (Ferrari) e Nico Rosberg (Mercedes).

Massa fala em confiança, e isso é importantíssimo para o brasileiro no Bahrein. Até aqui, ele ficou perto do pódio apenas. Na Austrália e na China, Massa cruzou a linha de chegada em 5º; na Malásia, foi o 6º. No Bahrein, onde venceu em 2007 e 2008, pode supreender.

Crédito da foto: Getty Images

* Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @matheusadami



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.