Quem tem razão? Vasco e Flamengo reclamam da arbitragem em clássico

Vasco/Divulgação

Vasco e Flamengo se enfrentaram na tarde deste domingo (12), pela primeira partida das Semifinais do Campeonato Carioca e, apesar do duelo movimentado, não saíram do 0 a 0. Marcelo Cirino teve uma chance clara de marcar para o Fla, mas parou em Martin Silva, assim como Rafael Silva e Bernardo também não conseguiram vencer a meta de Paulo Victor.

LEIA MAIS:
Rafael Silva, irmão de Marcelo Cirino, é preso no Paraná
Invencibilidade: Há quase 3 anos, o Flamengo não perde para o Vasco
Vasco é melhor, mas não sai do 0 a 0 com o Flamengo

Curiosamente, como é de praxe nas grandes partidas deste Estadual, a arbitragem foi duramente criticada, porém, o que chamou a atenção é as duas equipes se viram prejudicadas pelas decisões tomadas pelos fiscais das leis. O capitão do Fla, após o apito final, se mostrou bastante incomodado com a atuação de João Batista de Arruda:

“Tem que parar com essa palhaçada. Tem que ser imparcial. Toda vez que acabar o jogo tem que ficar criticando a arbitragem? O que ele fez hoje foi molecagem”, disse Wallace à Rádio Globo.

Pelo lado vascaíno, o goleiro Martin Silva também não gostou nem um pouco do que o árbitro fez dentro das quatro linhas:

“Foi uma partida atipica, jogo de decisão. Vasco foi prejudicado, mas temos que manter a cabeça tranquila para a segunda semifinal”, disse o goleiro uruguaio à Rádio Globo.

Foto: Vasco/Divulgação